Noventa e cinco candidatos a prefeito não possuem concorrentes

Os candidatos únicos precisam de apenas um voto para se eleger. Em Minas Gerais, 16 municípios apresentam esta situação

Reprodução


Porto Firme, na região do Caparaó, é uma das 16 cidades mineiras nesta situação
Nos últimos 45 dias, os 17 mil candidatos a prefeito que disputam as eleições deste domingo (2) foram às ruas, distribuíram panfletos, gravaram programas de rádio e televisão em busca de votos. Para 95 desses candidatos, no entanto, a “disputa” pelo voto será bem mais fácil amanhã (2). Isso porque eles concorrem como candidatos únicos e para serem eleitos precisarão apenas de um voto, que pode ser o dele mesmo.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os 95 candidatos a únicos são de 14 partidos: PMDB, PP, PSDB, dez PSB, PDT, PSD, PV, DEM, PR, PTB, PPS, PT, PRB e PEN.

Os municípios com candidatos únicos estão distribuídos em 12 estados - Rio Grande do Sul; Minas Gerais; São Paulo; Paraná; Santa Catarina; Goiás; Mato Grosso; Paraíba; Ceará; Mato Grosso do Sul; Piauí e Tocantins.

Em Minas Gerais, as cidades que possuem apenas um candidato à Prefeitura são: Bom Jesus da Penha; Carmésia; Carrancas; Comendador Gomes; Divisa Nova; Doresópolis; Espírito Santo do Dourado; Gameleiras; Guarda-Mor; Inimutaba; Jequitibá; Machacalis; Maripá de Minas; Ninheira; Porto Firme e Vargem Bonita.

Dos 95 candidatos únicos, de acordo com a dados da Justiça Eleitoral, 86 são do sexo masculino e nove do sexo feminino. Oitenta e um são da cor branca e 14 declararam-se pardos.

Com 37.680 eleitores, o município paulistano de Jales é o que tem maior eleitorado entre as 95 cidades em quea eleição para prefeito tem apenas um candidato. Já Engenho Novo (RS), com 1.200 eleitores, e Carlos Gomes (RS), com 1.411 eleitores, têm o menor número de votantes nesse caso.

(Com informações: TSE)


Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO