Galo empata com Ponte Preta

Macaca abriu vantagem de 2 a 0, mas não segurou a reação do Galo, que avançou à fase quartas de final da Copa do Brasil

Ascom/ Atlético MG


A Ponte Preta abriu a partida com dois gols, mas o Galos conseguiu igualar o placar
O Atlético garantiu presença na fase quartas de final da Copa do Brasil, ao empatar por 2 a 2 com a Ponte Preta, na noite desta quarta-feira (21), na partida de volta das oitavas de final. O jogo foi disputado no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

O Galo chegou a perder por 2 a 0 e foi buscar o empate na raça, com gols de Lucas Pratto e Robinho. Roger e Felipe Azevedo marcaram para a equipe mandante.

No jogo de ida, disputado em 24 de agosto, no Mineirão, em Belo Horizonte, houve empate por 1 a 1. Assim, a classificação foi conquistada pelo critério do gol qualificado fora de casa. O Galo volta a campo neste domingo para enfrentar o Internacional, na Arena Independência, pelo Brasileirão.

O sorteio que definirá os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil acontecerá nesta sexta-feira. Além do Atlético, já confirmaram vagas: Cruzeiro, Palmeiras, Corinthians, Santos e Grêmio. Nesta quinta-feira, os confrontos Fortaleza X Internacional e Juventude X São Paulo definem as duas vagas restantes. Inter e Juventude estão em vantagem.

O JOGO

O Atlético foi ao ataque pela primeira vez no lançamento de Carlos César para Lucas Pratto, mas a bola passou pelo argentino e sobrou para o goleiro Aranha. Em seguida, Fábio Santos cruzou pela esquerda para o corte da zaga.

O time da casa abriu o placar aos 13 minutos, com Roger. Aos 16, Victor fez boa defesa no cabeceio de Roger.

O Galo levou perigo em cruzamentos de Carlos César e Fábio Santos, cortados pela defesa. Aos 24, Carlos César cruzou pela direita, Lucas Pratto finalizou de primeira e a bola explodiu no zagueiro.

Aos 30 minutos, Robinho invadiu a área e foi desarmado. No ataque seguinte, Fábio Santos cruzou pela esquerda e Aranha saiu do gol para interceptar o cruzamento.

Após novo cruzamento de Fábio Santos pelo lado esquerdo do ataque atleticano, Clayton pegou a sobra de bola na entrada da área e concluiu para a defesa de Aranha.

Em outra boa chance do Galo, aos 36, Otero recebeu passe de Carlos César e fez o arremate com pouca força, nas mãos do goleiro. No minuto seguinte, foi a vez de Robinho arriscar de fora da área para nova intervenção de Aranha.

O Galo ainda teve oportunidade em falta sofrida por Carlos César ao lado da grande área pela direita e a cobrança de Fábio Santos foi defendida por Aranha.

SEGUNDO TEMPO

Aos dois minutos, o time da casa fez o segundo gol com Felipe Azevedo. O atacante acertou um chute preciso, marcando por cobertura. Dez minutos mais tarde, Otero foi substituído por Cazares.

Carlos César chegou com perigo pela direita, aos 16 minutos, mas foi desarmado na grande área. Robinho tentou tabela com Cazares na entrada da área pelo meio, mas a defesa da Ponte conseguiu afastar o perigo.

Clayton deixou o campo aos 20 minutos, substituído por Hyuri. Aos 26, Carlos César sofreu falta pela direita, Robinho levantou na área e a defesa da Ponte levou a melhor.

Pratto escorou de cabeça após lançamento de Leonardo Silva, mas a bola fiou mais para o goleiro do que para Hyuri. Aos 29, Lucas Pratto recebeu passe de Cazares e tocou na saída do goleiro Aranha para diminuir a desvantagem atleticana: 1 x 2.

O empate quase saiu aos 33 minutos, na conclusão de Júnior Urso, defendida por Aranha. Hyuri pegou o rebote e finalizou para outra defesa de Aranha. Na jogada seguinte, Carlos César arriscou de fora da área, por cima do gol.

Fábio Santos recebeu a bola na grande área pela esquerda e a defesa campineira cortou o cruzamento do lateral atleticano. O Galo pressionava e, aos 37, Hyuri recebeu de Robinho na área e chutou em cima do zagueiro.

Rafael Carioca foi substituído por Dátolo aos 39 minutos. Aos 40, o argentino cobrou escanteio pela direita, Aranha espalmou e a bola sobrou para Robinho empatar o jogo: 2 x 2.

Aos 45, Cazares tentou enfiada de bola para Hyuri e o passe foi interceptado pela zaga da Ponte. Já nos acréscimos, Robinho recebeu a bola na área e foi desarmado. O Atlético se manteve firme na marcação e assegurou a classificação à fase quartas de final.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO