Jovem é preso com duas toneladas de maconha

Mesmo sem CNH, o homem de 22 anos topou conduzir o caminhão do Paraná até Belo Horizonte

Divulgação/ PMMG


As drogas estavam em um fundo falso
A Polícia Militar de Belo Horizonte prendeu um jovem de 22 anos foi preso, que transportava 2 toneladas de maconha do Paraná para a capital mineira, na madrugada desta quarta-feira (21). O suspeito não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas aceitou conduzir o veículo pelo longo trajeto por R$ 8.000.

"É o que a gente chama de mula, o cara tem a missão de transportar a droga, somente", explicou o tenente Marcelo Pery do Batalhão Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar.

Os policiais receberam a denúncia, e durante patrulhamento encontraram o caminhão estacionado no bairro Nova Gameleira, com a chave na ignição e motor ainda quente. O jovem, que tinha as características apontadas pelo denunciante, foi detido pelos policiais nas redondezas.

Nos bolsos, ele possuía R$ 884,50 e um celular, e alegou que saiu de Francisco Alves - cidade no Paraná, próxima a fronteira com o Paraguai - com o caminhão, mas não sabia o que levava de carga e nem a quem ela pertencia. O combinado foi que ele trouxesse o caminhão até a capital mineira e o deixasse perto de um posto de gasolina, voltando para o Sul do país, em seguida, de ônibus.

Além de o motorista não ter habilitação, o caminhão estava sem a documentação. Durante as buscas no veículo, os militares encontraram um fundo falso e neste estavam as barras de maconha.

O homem e o material apreendido foram encaminhados para delegacia. Ainda não se sabe quem buscaria o caminhão. O suspeito não tinha passagens pela polícia.

(Com informações: O Tempo)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO