Polícia prende suspeito de atentados em NY

O acusado resistiu no momento de prisão e abriu fogo contra os policiais

Agência Brasil


O prefeito e o governador de Nova York, Bill de Blasio e Andrew Cuomo, visitam o bairro de Chelsea, onde uma bomba explodiu no sábado à noite
Ahmad Khan Rahami, norte-americano de origem afegã, suspeito de atentados em Nova York e Nova Jersey, foi preso nesta segunda-feira (19) pela polícia de Linden, no estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos. Antes de ser preso, ele resistiu à ordem de prisão e trocou tiros com policiais.

O FBI (Polícia Federal dos Estados Unidos) e a polícia de Nova York anunciaram nesta segunda-feira que estavam tentando capturar Ahmad Khan Rahami, suspeito de ser o autor dos atentados ocorridos sábado (17), em Nova York e Seaside Park, New Jersey.

O atentado de Nova York aconteceu à noite no bairro de Chelsea, em Manhattan (centro da cidade), quando uma bomba explodiu e feriu 29 pessoas. Outra bomba, encontrada a quatro quarteirões de distância, foi também encontrada pela polícia, mas não explodiu.

O atentado de Seaside Park aconteceu durante o dia, antes de uma evento esportivo para arrecadar fundos para fuzileiros navais. Uma bomba explodiu no local, não deixou feridos, mas o evento foi cancelado.

Ahmad também deve ser considerado suspeito de ter fabricado as cinco bombas encontradas no dmingo (18) à noite na estação ferroviária de Elizabeth, uma cidade de Nova Jérsey. Um dos artefatos explodiu na madrugada da segunda-feira (19), quando a polícia tentava desativar as bombas com a ajuda de um robô.

As investigações realizadas até agora pela polícia indicam que todas as bombas foram fabricadas para ser acionadas a distância. Elas foram montadas com uma panela de pressão e com fiação e lâmpadas normalmente usadas em árvores de Natal.

O FBI está investigando a possibilidade de existência de uma rede de terror na cidade de Nova York e no estado de Nova Jérsey, que teria dado assistência para que Ahmad Kahn Rahami operasse nessas localidades. A imprensa dos Estados Unidos informou que Ahmad e um policial foram feridos no tiroteio, antes da prisão do suspeito.

(Com informações: Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO