Presos dois acusados de roubo de carro

Condutor de veículo bloqueado na fuga foi preso na hora, segundo comparsa foi preso nesta quinta-feira e o terceiro ainda é procurado


PM localiza e prende suspeitos de roubo de Onix
Dois jovens foram presos acusados de envolvimento em um assalto a mão armada em que levaram um carro no bairro Canaã.

A ocorrência começou quando por volta de 7h de quarta-feira (17), uma mulher de 46 anos, acompanhada da filha, de 7 anos, parou um Chevrolet Onix prata, em um dos semáforos da avenida Gerasa, entre os bairros Canaã, e foi rendida por três assaltantes. Aos gritos, chutes e batidas nos vidros do carro, os criminosos determinaram que a mulher saísse do veículo.

A vítima informou que foi retirada à força, mas pediu para que deixassem a filha dela sair também. A mulher pegou a criança e os assaltantes fugiram no carro pela avenida Gerasa sentido ao Bethânia.

Na MG-232 estrada que liga Ipatinga a Santana do Paraíso, o condutor do Ônix envolveu-se em um acidente, mas prosseguiu com a fuga até deparar com um bloqueio feito por uma Patrulha de Prevenção a Roubos.

Mais uma vez o condutor tentou furar o bloqueio, passando entre a viatura e carros parados na pista, mas bateu. O condutor do carro, identificado como Marcos Vinícius Barbosa Silva, 20 anos, foi preso no local. Outros dois comparsas conseguiram correr e buscar refúgio em um matagal.

Já nesta quinta-feira, na sequência do cerco aos foragidos, policiais militares foram ao Morro Santa Rosa, no bairro Bethânia, e prenderam Igor Samora Monteiro, 18 anos. Ele foi reconhecido em imagens de câmeras de vídeo no local do assalto como um dos três envolvidos.

Igor Samora admitiu, em entrevista ao Portal Diário do Aço, que participou do assalto e que ele os amigos queriam o carro apenas para "dar um rolé". Negou que fossem usar o carro para praticar outros crimes. Nas palavras de Igor, "estava tudo suave no céu" e foram pegar o carro da mulher.

Apanhados no bloqueio da polícia, durante a fuga no mato, ele e o comparsa, por pouco não foram apanhados pelos cães farejadores que a polícia usou no rastreamento aos fugitivos. "Quase pegou nóis. Demos fuga ligeiro e escapamos", disse o preso. O terceiro autor ainda é procurado.
Reprodução TV Cultura Vale do Aço

Marcos Vinícius foi preso no cerco ao carro roubado e Igor Samora, no dia seguinte

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Marcos Guimarães 21 de Agosto, 2016 | 10:40
"Daqui a pouco eu tô no mundão de novo!"
Isto nos leva a crer que o crime compensa!
Em países sérios, ele pegaria ao menos vinte anos em regime fechado. Mas no Brasil não! precisam-se dos presos e foragidos para fomentar o Sistema, e grande é sua folha de pagamento. Eles, os bandidos, são a causa da existência das instituições. Os cumpridores da lei, são como o beija-flor que resolve apagar um incêndio florestal. Já diziam " a seara é grande, e poucos são os ceifeiros" , prefiro dizer, que grande ela é de fato, mas faltam ferramentas para a colheita. É preciso não só separar o trigo do Joio, mas incinerar o joio para que sua semente não brote de novo.
Sebastião 19 de Agosto, 2016 | 07:55
Essa mulher, é muito forte; se fosse eu, teria desmaiado só de ver
as caras desses bichos. Cruz prego, dois me livre.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO