05/12/2018 10:10:00

Mulher presa na rodoviária de Fabriciano com 10 kg de maconha

Suspeita estava levando quase dez quilos de maconha e ainda munição que seriam entregues na região do Caladão



Divulgação Polícia Militar/ Reprodução


Clemilda levava em uma mala as barras de maconha apreendidas pela PM, além de munição para arma de fogo

Uma denúncia anônima possibilitou a apreensão de uma grande quantidade de maconha e munição de arma de fogo. O material estava, segundo a Polícia Militar, em poder de Clemilda de Souza Lourenço, de 57 anos, presa ao desembarcar no terminal rodoviário de Coronel Fabriciano na madrugada desta terça-feira (4).

A equipe do tenente Ifrain comandou a operação após as denúncias recebidas pela equipe do sargento Jackson que indicaram a suspeita. Os policiais monitoram o movimento na rodoviária até a chegada de Clemilda, que desembarcou de um ônibus da Viação Presidente, na madrugada dessa quarta-feira (5).

Assim que desceu do coletivo, os PMs abordaram a suspeita que foi revistada. Em seus pertences apreendidos nove barras de maconha e um tablete, pesando quase dez quilos da droga, que estavam em uma mala de viagem.

Além do entorpecente, os militares encontraram também 20 cartuchos intactos de calibre 32, R$ 347 e ainda dois celulares. A droga e a munição seriam entregues para a quadrilha comandada pelos irmãos Elizeu e Eliel Paulino, segundo informações da Polícia Militar ao Diário do Aço, facção que age nos bairros Frederico Ozanam, Manoel Maia e Caladão.

Clemilda, que já possui passagem por tráfico de drogas,foi presa em flagrante e encaminhada para a delegacia regional de Ipatinga juntamente com todo o material apreendido pelos policiais militares. No momento da abordagem, a acusada danificou um dos celulares, possivelmente para dificultar o acesso aos seus dados.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

João da Luz

10 de Dezembro, 2018 | 22:59
Essa mulher é do bom jardim ,tinha até um bar lá ,me parece que seu filho também é traficante

Mad Max

06 de Dezembro, 2018 | 09:51
ESSES TRAFICANTES E USUÁRIOS DEVIAM AO SEREM DETIDOS PAGAR UMA TAXA CORRESPONDENTE À QUANTIDADE APREENDIDA E ASSIM AUMENTAR A ARRECADAÇÃO.
Envie o seu Comentário