22/11/2018 14:05:00

Estoque de veículos custa R$ 64 milhões ao dia para as concessionárias no País

De acordo com pesquisa realizada pela Auto Avaliar em quase 500 varejistas, volume de automóveis parados ultrapassa 44 mil unidades



Reprodução


O custo é de R$1.450,35 por dia, gerando prejuízos de R$ 63.815.400,00 a cada dia que o estoque fica parado

O patamar dos estoques das concessionárias de veículos atingiu um nível alarmante no Brasil e já custa cerca de 64 milhões de reais ao dia para os varejistas. Os dados são fruto de uma pesquisa realizada este mês pela Auto Avaliar em quase 500 revendas no País.

De acordo com o levantamento, o volume do estoque de veículos parados no pátio e no showroom das concessionárias já ultrapassa 44 mil unidades, com um tempo médio de venda superior a 60 dias por automóvel.

O estudo mostra que as concessionárias possuem uma média de estoque de cerca de 90 automóveis por loja, com um valor médio de R$ 34 mil por unidade. Isso representa um custo diário ordem de R$ 16,11 por veículo parado.

Levando-se em conta toda a rede e o volume médio dos veículos parados, o custo é de R$1.450,35 por dia, gerando prejuízos de R$ 63.815.400,00 a cada dia que o estoque fica parado.

Para J.R. Caporal, CEO da Auto Avaliar, este cenário ainda pode se agravar com a chegada do final do ano e início do próximo. “Um dos pontos de maior atenção é a incidência do custo com o IPVA, que pode chegar a até 4% em alguns estados, e terá de ser pago nos primeiros meses do ano”, alerta. “A projeção é que essa conta ficará R$ 59.840.000 mais cara. A saída é começar a girar o estoque cada vez mais rápido para garantir alguma margem e minimizar os prejuízos”, acrescenta.


(Agência Health)


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Jose

22 de Novembro, 2018 | 16:13
Conheco pessoas que estão optando por andar de aplicativo do que ter um carro. Sai muito mais em conta. Manutenção e impostos estão muito alto.
Envie o seu Comentário