07/11/2018 19:59:00

Tarado é preso no bairro Cidade Nobre

Parado dentro de picape perto de escola, homem de 36 anos tinha R$ 11 mil no carro e foi preso em flagrante; pais queriam linchamento



Um homem de 36 anos foi preso nessa quarta-feira acusado de se masturbar na frente de crianças. O caso foi registrado por volta de 13h, na rua Graciliano Ramos, bairro Cidade Nobre. Andrey Jackson Rocha de Almeida foi preso em flagrante por policiais militares, ainda no local onde praticava o ato. O suspeito foi ouvido na Delegacia de Polícia Civil e liberado. Responderá pelo crime de importunação sexual, em liberdade.

As vítimas foram quatro meninas, com idades entre 13 e 14 anos, estudantes de uma escola da rede estadual. Outras crianças que passaram pelo local também viram a cena.

Elas contaram que havia um homem embarcado em uma caminhonete de cor prata, com os vidros abaixados, na porta da escola, sendo que este homem se masturbava de forma bem explicita, sorria para as meninas e as chamava.
Policiais que integram a Patrulha Escolar foram acionados e o encontraram ainda a bordo de uma picape Mitsubishi Triton, prata, com placas de Ipatinga, estacionada na contramão de direção da rua Gonçalves Dias.

O homem foi preso e retirado do local para evitar que fosse linchado. Pais de alunos, exaltados, prometiam matar o homem. Aos policiais, o homem disse que comete por ano por ser doente. Os levantamentos indicam que há quatro anos ele pratica esse tipo de ato.

Ao realizar buscas no interior da picape, policiais encontraram a quantia de R$ 11 mil em dinheiro. Tanto a quantia quanto o veículo ficaram sob guarda do sócio do autor do delito, que chegou ao local no momento em que a polícia fazia o registro da ocorrência.

Reincidência
Para a polícia, o autor do delito é reincidente. Com base em informações levantadas pela equipe da Patrulha Escolar, policiais militares chegaram à conclusão que esse mesmo homem já praticou o mesmo ato nas proximidades de outras escolas, também no bairro Cidade Nobre e ainda, no bairro Iguaçu.

O sargento Ronaldo, que integra a Patrulha Escolar, informou ao Diário do Aço, que anteriormente já foram registradas ocorrências envolvendo a ação do tarado. “Já sabíamos quem era, usava sempre carros diferentes, mas faltava o flagrante. Quarta-feira quando soubemos de mais um caso montamos uma operação de cerco para evitar que ele fugisse e conseguimos fazer a abordagem no local onde os fatos se deram”, resumiu.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Moura André

11 de Novembro, 2018 | 04:07
Que eu saiba ele administra o posto Faisão, no Horto. Deve ser lá que ele arruma tanto carro diferente. Ele faz instalação de GNV.

Chêquévara?

09 de Novembro, 2018 | 17:52
O UELTON SOUZA, NUM MATA NEM MOSQUITO, SE VC FOSSE MACHO MESMO, TINHA QUEBRADO ESSE TARADO NO PAU, MESMO SEM TER FILHA ESTUDANDO NO COLÉGIO. PARA DE SER BOBO, E ASSUME A SUA COVARDIA! SE EU FLAGRAR UM TARADO FAZENDO ISSO, PELO MENOS UNS DENTES EU RANCO DO SAFADO!

Anonimo

09 de Novembro, 2018 | 16:42
um absurdo e alguem dizer com clareza que ja viu este canalha, junta um ou dois e da um surra nele , ipatiguense esta muito frouxo.

Josselma

09 de Novembro, 2018 | 13:36
Porque não foi divulgado nome e foto? A sociedade precisa ser protegida e não o contrário.

Juarez

09 de Novembro, 2018 | 13:04
Porque não tem a foto dele?

Vll

09 de Novembro, 2018 | 07:39
Quem tem foto deçe trasti compartilhe ai a foto dele e vamos divugar a foto deçe safado ... corta o saco dece pilantra

Cidadã

09 de Novembro, 2018 | 00:10
O cidadão de bem não pode desistir da justiça mesmo q ela seja muitas vezes negligente!!! Se alguém testemunhar um crime igual a este, tem q ser frio e corajoso p poder filmar bem toda a ação e sim chamar a policia e de preferência gravar a conversa, pois se não for atendido, vá as autoridades competentes e denuncie todos os envolvidos. Pois á Lei é rigorosa c casos como este, mas tem q ser aplicada por profissionais sérios na esfera criminal!!!!

Uelton Souza

08 de Novembro, 2018 | 12:18
Eu já chamei a polícia pelo mesmo ato desse meliante,e eles nunca foram lá ,se eu tivesse uma filha que estudasse lá ,teria o matado já ,pois acionei a pm,comuniquei na escola que me orientou a chamar a pm,e digo que quem acionou deu foi sorte ,pois esse cara sempre ficava na proximidade da escola,e já vi alunas no carro dele.Infelizmente,ele vai voltar,nesse momento já deve estar solto,enquanto existir dinheiro e advogado,vai ser isso aí !
Envie o seu Comentário