12/10/2018 10:35:00

Mototaxista tenta estuprar passageira em Ipatinga

A vítima relatou que estava em um show de uma dupla sertaneja, no bairro Horto. Por volta das 5h, ela decidiu ir embora para sua casa, no bairro Iguaçu, e pediu uma corrida para um mototaxista



Google


A vítima afirmou que o mototaxista passou da entrada do bairro Iguaçu, onde seria seu destino correto

Após sair do show de uma dupla sertaneja, no bairro Horto, em Ipatinga, uma mulher de 34 anos quase foi estuprada na madrugada de sexta-feira (12). Conforme relatório da Polícia Militar ela pediu uma corrida para um mototaxista, com destino bairro Iguaçu, mas durante o trajeto, o condutor da motocicleta desviou da rota e tentou forçar o ato sexual. A mulher reagiu, aos gritos e o agressor acabou desistindo e fugiu.

A vítima relatou para Polícia Militar que estava em um show de uma dupla sertaneja, no bairro Horto. Por volta das 5h, ela decidiu ir embora para sua casa, no bairro Iguaçu, e pediu uma corrida para um mototaxista, que estava no estacionamento do local em que o show foi realizado.

Quando se aproximavam da entrada do bairro Iguaçu, o mototaxista passou direto e seguiu sentido Centro. Com isso, a vítima pediu para o condutor parar o veículo. Ele a obedeceu, mas, logo em seguida, o mototaxista passou a constrangê-la com intuito de realizar o ato sexual.

Então, ele jogou a mulher ao solo e tirou, à força, a roupa da passageira. Ela começou a gritar por socorro e entrou em luta corporal com o agressor. Com a reação, o mototaxista desistiu de consumir o ato e fugiu pela BR-381.

A vítima informou que o agressor era moreno, magro, baixo, aparentava ter aproximadamente 35 anos e estava em uma motocicleta prata. Após a tentativa de estupro, foi feito o rastreamento para tentar localizar o autor do crime, mas sem êxito até o momento. A vítima dispensou atendimento médico.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Chacal Ipatinga

25 de Outubro, 2018 | 14:07
Atenção mulheres. Mototaxistas não têm qualquer fiscalização. Não usem esse serviço.

Eduardo C. Oliveira

15 de Outubro, 2018 | 09:15
Já falei uma vez e fui apedrejado aqui, mas francamente, mulher que embarca em garupa de mototaxista que não conhece corre risco demais. Quando é que elas vão tomar juízo e entender que sempre serão alvo dos homens? Essa escapou por pouco. Tem, inclusive, os casos dos estupros que não não viram BO nem notícia porque as vítimas ficam com vergonha.

Eu

13 de Outubro, 2018 | 23:25
O cara para ser tarado não importa o veículo,pode ser até de avião,se ele estiver possuído ,vai fazer coisa errada,independentemente da profissão,veiculo,local,etc.

Primavera

12 de Outubro, 2018 | 18:51
Por causa de umas desgraça assim que os mototaxistas que realmente estão trabalhando sério perde credibilidade..
Serviço já não é fácil vem esse cagar a categoria.

Priscila Doris Ed Roger / Santa Maria

12 de Outubro, 2018 | 16:22
Este não era mototaxista. Era um estuprador disfarçado de prestador de serviços de transporte a espera de uma vitima. Tarados sempre ficam a espera de uma pessoa vulnerável para atacar nos estacionamentos de shows e grandes eventos (Fest Country em Timóteo por exemplo). Não da para confiar e subir na moto do primeiro que se vê, o correto seria uma mulher ja andar com o cartão de ser mototaxista de confiança e quando precisar de seus serviços ligar para ele.Como disse a pessoa que comentou sobre o uso do UBER, no UBER também tem tarados, assim como tem estupradores disfarçados de motoristas de taxi, estamos inseguras a todo momento.

Segurança

12 de Outubro, 2018 | 14:13
Por isso vou de uber... Mototaxistas cobram muito caro e não dão a segurança e tranquilidade que um carro dá. Não sei nem pra que existe moto! Moto é Harley Davidson e outras do tipo, motocross, para tarefas tipo off-road ou fazer uma viagem longa. Do restante, moto pro dia dia é caixão e vela preta em algum momento da vida.
Envie o seu Comentário