12/10/2018 10:30:00

Adolescente relata ter sido estuprada por vizinho enquanto dormia, em Santana do Paraíso

Ela apenas percebeu o que tinha ocorrido ao encontrar vestígios de sêmen em sua roupa e na região genital



Google


O caso ocorreu na rua Realino Augusto Miranda, bairro Águas Claras, em Santana do Paraíso
Uma adolescente de 15 anos afirma ter sido estuprada nesta quinta-feira (11) por outro adolescente de 16 anos, na rua Realina Augusto Miranda, bairro Águas Claras, em Santana do Paraíso, conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar. O ato ocorreu enquanto a vítima estava dormindo. Ela conta que apenas percebeu o que tinha ocorrido ao encontrar vestígios de sêmen em sua roupa e na região genital.

A vítima de 15 anos relatou que estava em sua casa, dormindo em sua cama, quando acordou ao notar a presença de um indivíduo no quarto, deitado ao seu lado. Logo reconheceu que era seu vizinho, de 16 anos. Em seguida, ela o questionou como que ele tinha entrado na residência e qual era o motivo de estar deitado ao seu lado. O adolescente de 16 anos respondeu que tinha ido assistir a um filme com ela.

Em seguida, a vítima reparou que seu rosto estava molhado e quando foi limpá-lo, percebeu que era sêmen. Ao deslocar até ao banheiro, notou também vestígios de sêmen em sua roupa e na região genital.

A mãe da vítima, relatou que tinha saído de casa por alguns instantes e quando retornou, a filha contou o que tinha ocorrido. Assustada, a mãe foi conferir o lençol da cama e também percebeu que havia vestígios de sêmen. Com isso, a mulher foi até a casa do vizinho exigir uma explicação, mas o adolescente apenas balançou a cabeça e pediu para mãe conversar com a filha, que ela saberia explicar o que tinha acontecido.

A alegação do adolescente é que ele estava na residência da vítima para assistir a um filme, conforme combinado no dia anterior, e tiveram relações sexuais de forma consensual.

Contudo, ele afirma que a menor de idade teria ficado atemorizada de que sua mãe descobrisse, já que havia dormido após o ato e não havia se limpado. Isso a motivaria a mentir quanto ao consentimento do ato, conforme alega o adolescente.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, para receber os cuidados médicos. Já o acusado foi apreendido e as provas foram recolhidas.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Fernandes

14 de Outubro, 2018 | 13:28
Sei não história mau contada acho que essa menina tá e querendo esconder a verdade da mãe dela como uma pessoa tem um ato sexual com uma pessoa dormindo e não senti nada.

Maria

13 de Outubro, 2018 | 22:44
Esse caso tem que ser investigado mesmo,estou mais confiante no depoimento do rapaz.

Bob e a Guerra

13 de Outubro, 2018 | 13:38
Estranho né??
A pessoa não sentir um ato sexual enquanto dormia?????

Realidade

12 de Outubro, 2018 | 17:21
Sei não tá mas está história tá mal contada pode investiga direito que vai sair coisas está muito estranho.
Envie o seu Comentário