10/10/2018 09:29:00

Trabalhadores ficam feridos em acidente na Usiminas

Funcionários de empresa contratada tiveram queimaduras por vapor de água durante manutenção na Aciaria



Wôlmer Ezequiel/Arquivo DA


Um deles recebe atendimento na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Márcio Cunha

Três funcionários de uma empresa contratada da Usiminas ficaram feridos em um acidente de trabalho, durante manutenção na área da aciaria, na usina siderúrgica em Ipatinga.

Conforme nota enviada pela empresa contratante ao Diário do Aço, os três sobreviveram e estão hospitalizados. Um deles recebe atendimento na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Márcio Cunha. Segue, abaixo, a íntegra da nota.

"A Usiminas informa que na tarde desta terça-feira, dia 9 de outubro, três empregados da contratada Convaço, empresa prestadora de serviços na Usina de Ipatinga, se acidentaram enquanto realizavam atividade de manutenção na área de Aciaria. Eles sofreram queimaduras por vapor d’água e foram encaminhados, imediatamente, para o Hospital Márcio cunha, onde foram medicados e permanecem internados, sendo um na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As causas do acidente já estão sendo investigadas."


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Wanderley

10 de Outubro, 2018 | 15:32
Mais um acidente, fruto da concorrência desleal que a sideruriga enfrenta em função dos produtos chineses que obriga as empresas brasileiras a reduzirem custos a qualquer preço, em troca da segurança e saúde dos seus trabalhadores. Triste ver a Usiminas desse jeito, foi a empresa que ajudou meu pai a levar o alimento para minha casa durante 30 anos, fruto desse trabalho pode estudar e buscar novas oportunidades. Vem o grande desafio da Usiminas sobreviver essa briga de mercado e dos donos. Deus de muita sabedoria e paz para os familiares desses trabalhadores que consigam este se recuperarem com muito amor e rapidez que as empresas deêm todo o suporte necessário.
Envie o seu Comentário