29/09/2018 11:18:00

Casal é vítima de acidente na BR-381 em Coronel Fabriciano

Amigos informaram ao Diário do Aço que Edilson José tinha entrado recentemente para a reserva da Polícia Militar de Minas Gerais



Com atualizações às 18h32
Welligton Fred


Edilson José e a mulher, Vilma Monteiro morreram na hora

Uma colisão entre um carro e uma motocicleta matou um casal, na manhã desse sábado (29), no trecho do contorno rodoviário da BR-381 em Coronel Fabriciano.

A moto era conduzida pelo sargento da reserva da Polícia Militar de Minas Gerais, Edilson José de Souza, de 49 anos, que seguia para Ipatinga, levando a esposa na garupa de uma Honda CG 150 Fan, com placa de Timóteo. Edilson e a mulher, Vilma dos Santos Monteiro, de 53 anos, morreram na hora.

O condutor do Elantra, Eduardo Rosa Monteiro, de 41 anos, e a filha dele de 7 anos, passageira do carro, tiveram escoriações e foram levadas para atendimento médico, informaram Bombeiros Militares ao Diário do Aço.

As causas do acidente serão apuradas pela Perícia da Polícia Civil, mas ao que tudo indica o motorista do Hyundai Elantra, com placa de Ipatinga, que trafegava rumo a Belo Horizonte, tentou fazer uma ultrapassagem e atingiu o casal na moto, na pista contrária.

No impacto frontal entre os veículos, a moto ficou completamente destruída, bem como a frente do automóvel. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga após os trabalhos periciais. O registro do acidente foi da Polícia Rodoviária Federal.

Amigos informaram ao Diário do Aço que Edilson José tinha entrado recentemente para a reserva da PM. Seu último posto de trabalho foi na 85ª da PM, em Timóteo.

Um agente penitenciário que chegou logo depois ao local do acidente recolheu uma arma de fogo que o policial militar reformado carregava e a repassou aos Bombeiros Militares. A arma, uma pistola calibre 380 com 15 cartuchos, foi entregue a um PM do 58º Batalhão da Polícia Militar.


Casal é vítima de acidente na BR-381 em Coronel Fabriciano


MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

T.h.s.

02 de Outubro, 2018 | 09:41
Sou motorista de caminhão. O motorista do Elantra foi me ultrapassar e certamente não viu a moto vindo na direção contrária, aconteceu do meu lado! Quem dirige sabe que as vezes é difícil ver uma motocicleta em determinadas circunstâncias. Só para esclarecer.

Zesin

01 de Outubro, 2018 | 07:23
Motoristas do vale do aço estão piores que qualquer outro lugar do país!! dirijo no país inteiro e digo isso com a máxima certeza!! Muitos imbecis que não sabem o que é retrovisor e nem seta alem de serem muito mal educados!

Natália

30 de Setembro, 2018 | 21:23
Uma das melhores pessoas que já conheci, muito caridosos e humanos. Pessoas realmente maravilhosas levadas cedo demais, por mais um caso de desrespeito com motociclistas, sendo permitida ou não a ultrapassagem na faixa é necessário também conferir se não está vindo ninguém na faixa oposta principalmente garantir uma distância segura, mas infelizmente motoristas acreditam que motociclistas não precisam de espaço para passar podem ser jogados para "escanteio", devido a isso duas pessoas novas morreram deixando família, amigos, dois filhos e o pai e mãe dele desolados. Para mim isso é falta de amor e empatia para com o próximo.

Chequévara?

30 de Setembro, 2018 | 21:04
Não é pq é permitido ultrapassar que o motorista pode simplesmente jogar o veículo em cima de uma moto que vem em sentido contrário, fez errado sim! teve culpa na morte dessas duas pessoas de bem, na minha opinião teria que responder por homicídio doloso! o cara entra num carrão importado e acha que está acima de todos, se fosse uma carreta vindo, ele não forçaria a ultrapassagem!

Cristao

30 de Setembro, 2018 | 10:35
que dificuldade o povo tem para entender que a imprudencia mata . meu deus tem misericordia.

Jorge Luis Alves.

30 de Setembro, 2018 | 09:49
Motorista de IPATINGA o bicho é DUÍDO..tem mexida não...

Pedrin Perito

30 de Setembro, 2018 | 09:41
Culpa generalizada,de fato imprudência,mas te falar viu,tem um bando de roda dura nas estradas,principalmente esses tartarugas que insistem em travar o transito,placa de timoteo eu passo longe,ficam na via da esquerda,retardando o transito urbano.Outra,carretas e caminhoes em ultrapassagens,acho até que é proibido,mas é o que mais tem.Morro acima e transito prejudicado por caminhoes que tentam ultrapassar outros caminhoes e a lentidao começa.Temos que ter cultura,educaçao e uma boa dose de paciência pra não matar ou ser morto no transito desse país varonil!

Pedro

30 de Setembro, 2018 | 08:16
Cuidado com o julgamento precoce!
Conheço o motorista, é um cara de bem, trabalhador, humano demais! Se olharem as imagens vão ver que ele ultrapassou na faixa correta, não foi imprudente no que diz respeito as regras de ultrapassagem, estava com sua filha no carro, infelizmente foi uma fatalidade! O que resta é aguardar a perícia e orar para Deus confortar a família!

Jose Ferreira

29 de Setembro, 2018 | 23:43
Não é preço de multa que impede o cara de fazer cagada no trânsito... Tem que ter cadeia mesmo, nos EUA se a lanterna estiver queimada o cara passa a noite no DP, imagina se matar alguém por imprudência

Cristao

29 de Setembro, 2018 | 19:05
as ultrapassagens servem para estarmos alguns minutos na frente dos outros, infelizmente para muitos isso e`mais importante do que a vida do ser humano . precisamos rever os nossos conceitos.

Mel

29 de Setembro, 2018 | 13:53
Que tristeza. Conhecia esse casal muito bacana. Pessoas honesta e do bem. Edilson toda vida muito responsável com suas atitudes. Andava de carro e moto muito tranquilo. Vem esse irresponsável e tira a vida de duas pessoas inocentes. Ultrapassou e atingiu eles de cheia na contramão. Olha a velocidade que esse cara estava. Olha o estado que a moto ficou. Que Deus conforte o coração dos filhos que ficaram e familiares. Descanse em paz.

Cidadão

29 de Setembro, 2018 | 12:15
Lamentável como é facil se envolver em acidente em nosso país, mais uma vítima q teve uma vida cheia de sonhos interrompida precocemente! Q Deus conforte os familiares e amigos neste momento de dor.
Envie o seu Comentário