13/09/2018 08:10:00

Moto e carro atropelam boi na BR-381

Condutores dos veículos se feriram na colisão contra o bovino que perambulava pela rodovia, nas proximidades do Mart Minas



Wellington Fred


A vítima, que mais se feriu, estava nesta motocicleta ao colidir contra o animal bovino

A Polícia Rodoviária Federal registrou, no início da noite desta quarta-feira (12), um acidente grave com atropelamento de animal na BR-381, trecho de Santana do Paraíso, saída para Governador Valadares. O operador de máquinas Gesiel Garcia, que pilotava uma motocicleta, sofreu ferimentos mais graves.

O Diário do Aço apurou no local que Gesiel trafegava sentido a Ipatinga na moto Honda CB 300R. Pouco antes do trevo de acesso para os bairros Parque Caravelas e Parque Veneza, em Santana do Paraíso, surgiu um boi na pista. Devido ao horário noturno, o motociclista não conseguiu enxergar o animal a tempo de evitar a colisão.

Gesiel foi lançado para fora da rodovia. Logo atrás estava o Fiat Fiorino conduzido por Geraldo Magela Braga. O motorista também não conseguiu evitar o impacto e colidiu frontalmente como boi, que foi arrastado por alguns metros e morreu no meio da estrada.

As unidades do Samu foram acionadas para o resgate. O motociclista, que trabalha na metalúrgica Cipalam, foi encaminhado com suspeita de fraturas para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. Já o motorista da Fiorino foi levado para ser medicado na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), também em Ipatinga.

O trânsito no local ficou lento e controlado por policiais militares até a chegada dos policiais rodoviários federais responsáveis pelo registro do acidente. Colegas de Gesiel informaram ao Diário do Aço que naquele trecho da BR, onde ocorreu o atropelamento do boi, sempre há animais soltos transitando pela rodovia.
MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Jose Salumão Filho

13 de Setembro, 2018 | 18:29
A GUARDA MIRIM DE CEL FABRICIANO, ADMINISTROU O CURRAL MUNICIPAL DA CIDADE DURANTE 17 ANOS E NESTE PERÍODO TIVEMOS RAROS ACIDENTES SEM VITIMAS. A APREENSÃO E AS DIÁRIAS NO CURRAL, ERAM UM BOM MOTIVO PARA NÃO DEIXAR ANIMAL SOLTO, COMO TAMBÉM DEPOIS DE 5 DIAS VENDER O ANIMAL.

Ronaldo

13 de Setembro, 2018 | 16:00
Tem gente que as vezes nao tem a minima condicoes financeiras, acha que ser fazendeiro e so comprar um boi ou um cavalo e deixar solto pra estradas e ruas a fora. Tai o resultado danos a saude, danos materiais e mais dois no inss. Em pais de primeiro mundo a justica acharia o dono do animal e ele arcaria com todas despesas e ainda pagaria multa.

Alex

13 de Setembro, 2018 | 14:05
Tinha era que achar o dono do animal e responsabilizar ele pelo acidente causado. O animal coitado não tem limites.

Eu

13 de Setembro, 2018 | 13:18
Se vc pega e leva para casa, o dono vai atrás, e neste caso? o dono apareceu?

Comédia

13 de Setembro, 2018 | 11:14
O caso não é de rir, mas tinha q pegar esses animais q ficam largados na rua e fazer um churrasco p o povo e pronto! Isso ia acabar c os acidentes tristes q eles causam! Melhoras aos acidentados!
Envie o seu Comentário