07/09/2018 06:19:00

Colisão frontal deixa cinco mortos e três feridos na BR-381 em Naque

Fiat Gran Siena de Belo Horizonte e caminhonete Toyota Hilux, de Vitória (ES) bateram de frente na noite de quinta-feira



Divulgação 11º Batalhão do CBMMG


Acidente envolveu uma picape Hilux de Vitória (ES) e um Fiat Siena, de Belo Horizonte

Cinco pessoas morreram em uma colisão frontal, por volta de 21h, no Km 212 da BR-381, trecho do município de Naque. Morreram, quatro pessoas que estavam em um Fiat Grand Siena, que trafegava de Padre Paraíso, para Belo Horizonte e uma pessoa que estava numa caminhonete Toyota Hilux, que trafegava de Ipatinga para Vitória (ES).

Outras três pessoas ficaram feridas e foram resgatadas por equipes do 11º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar e encaminhada para o hospital Márcio Cunha, em Ipatinga.

O Fiat Siena, com placas de Belo Horizonte e a picape Hilux bateram de frente. As causas do acidente ainda serão definidas pela perícia da Polícia Civil. Entretanto, indícios no local indicam que o Siena invadiu a contramão e bateu de frente na picape.

O Diário do Aço apurou junto ao CBMMG que, da Hilux foram socorridas com vida, Elaine Cota Pires Ribeiro, de 36 anos, apresentando ferimentos diversos e Aulos Marcos Rocha Ribeiro, de 46 anos, condutor da picape, também com ferimentos diversos. A passageira Eliana do Carmo Cota, de 63 anos, não resistiu e morreu.

Do Siena foi socorrido com vida José Martins dos Santos, de 30 anos. Vieram a óbito, o condutor do Fiat, Carlos Alexandre Pereira de Souza, de 35 anos, e os passageiros, Antonio Gomes de Souza, de 62 anos, Flozina Ribeiro de Souza, de 84 anos e uma jovem aparentando 20 anos, que estava sem documento de identidade. Os corpos foram removidos para o Instituto Médico-Legal de Ipatinga pela funerária Paraíso.

Em entrevista ao Diário do Aço o tenente Gilvan, do Corpo de Bombeiros, informou que o local do acidente é uma curva fechada na BR-381 e marcada por vários outros acidentes graves. Os corpos ficaram presos entre as ferragens e os bombeiros tiveram que cortar as peças destruídas para a retirada das vítimas. Por causa desse trabalho o trânsito teve que ficar fechado por cerca de duas horas.

Mais
Operação da Independência vai até meia noite de domingo


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Mad Max

10 de Setembro, 2018 | 07:53
AS ESTRADAS MATANDO E O POVO VOTANDO... (Meus sinceros pêsames aos familiares)

Nice Barbosa

10 de Setembro, 2018 | 05:09
Dona Flozina era alegre e divertida. Vai fazer muita falta.Um Abraço à todos da família.

Alessandra Andrade

08 de Setembro, 2018 | 19:23
Não é fácil perder alguém da família,que Deus conforta o coração da família,,,

Heleno Pinto

08 de Setembro, 2018 | 00:58
Carlos era um grande amigo...
Nós chamávamos ele de Cabral
Ele tem 2 filhos Vitor de 10 ou 9 anos e Gaby de 2 anos
Descanse em paz Cabral
Envie o seu Comentário