27/08/2018 13:03:00

Bebê morre sob suspeita de maus tratos em Ipatinga

Mãe da criança foi presa após denúncias de moradores, filha de um mês não resistiu e morreu no hospital



Google


A bebê recém-nascida morava nesta rua, no bairro Planalto

Karen Ludmila Silva Rodrigues, de 19 anos, moradora do bairro Planalto, em Ipatinga, foi presa na tarde de sábado (25) acusada de maus tratos à filha, a pequena Aylla Valentina Silva, de pouco mais de um mês de vida. A criança não resistiu e morreu enquanto recebia atendimento médico.

As conselheiras tutelares acionaram a Polícia Militar para informar sobre os maus tratos contra a menina. A bebê foi levada pelo pai ao Hospital Municipal Eliane Martins, em estado grave. A médica pediatra de plantão conseguiu reanimar a criança para transferi-la ao Hospital Márcio Cunha.

A mãe de Aylla, que segundo as conselheiras, é usuária de drogas e faz uso de medicação controlada, não alimentou a filha por várias horas.

O pai da menina, que se recupera de um derrame (AVC), informou em depoimento que acordou a jovem para informar que a filha passava mal.

A criança estava sem mamar desde a noite de sexta-feira e acabou entrando em hipoglicemia. As conselheiras informaram também que a recém-nascida estava com as vacinas atrasadas.

Pelos maus tratos, a mãe da criança foi presa e encaminhada para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga onde foi autuada em flagrante. Neste tempo, a criança não resistiu e morreu com seu corpo encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML).


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Luciana

10 de Setembro, 2018 | 15:55
REALMENTE TEM QUE DEIXAR ELA PASSAR FOME, PARA VER SE ELA TEM APENAS UMA NOÇÃO DO QUE ESSA CRIANÇA PASSOU... GENTE MUITO TRISTE, QUANTAS MULHERES QUERENDO TER FILHOS E NÃO CONSEGUE ARRUMAR, E UMA MERDA DESSA ARRUMA E DEIXA A CRIANÇA NESSA SITUAÇÃO,É TRISTE OUVIR UM CHORO DE UMA CRIANÇA, AINDA MAIS PASSANDO FOME.

Segundo Filho Dela Q Morre.

28 de Agosto, 2018 | 12:22
ELA JA PERDEU UM FILHO ,,,AGORA MAS UM :( .... DO PRIMEIRO FUMAVA MUITA DROGA

Alessandra

28 de Agosto, 2018 | 09:57
Se ela é usuária de droga e o pai da criança um a pessoa debilitada, a criança não deveria ter ficado com eles né! Cadê a família ?? E os vizinhos que não denunciaram? Um bebê com fome chora repetidamente! !!! Dá para chamar a atenção! !!!!!

Cidadã

28 de Agosto, 2018 | 08:20
O bonitão do pai tb tinha q ser responsabilizado, pois ele é pai e tb tem responsabilidade c a criança! Aposto q ele vai pagar um advogado p a amada! há q ter uma Lei p castração em casos como este!!!

Flavia

27 de Agosto, 2018 | 20:24
como pode uma pessoa agir dessa forma desaturada.....deixa ela morrer de fome pra aprender....um ser tao inocente perder a vida assim

Menina Má

27 de Agosto, 2018 | 15:00
Mulher inresponsavel tomara q passe fome na cadeia pra ver como e bom
Envie o seu Comentário