16/08/2018 07:00:00

Ipatinga recebe primeira praça de alimentação gourmet a céu aberto

O parque de alimentação tem entrada franca e funcionará de terça-feira a domingo, das 17h às 00h, na avenida Selim José de Sales, nº 2.031, no bairro Bethânia



Divulgação


Novo parque de alimentação do Vale do Aço, o Food Park fica no bairro Bethânia, em Ipatinga
A partir desta quinta-feira (16), às 17h, Ipatinga passa a contar com a primeira praça de alimentação gourmet a céu aberto. Trata-se da inauguração do Food Park Vale do Aço. Com estrutura sofisticada, o espaço contará com mais de 10 opções gastronômicas diferenciadas, com cozinhas que funcionarão em contêineres de forma adequada, além do espaço kids e música ao vivo. O parque de alimentação tem entrada franca e funcionará de terça-feira a domingo, das 17h às 00h, na avenida Selim José de Sales, nº 2.031, no bairro Bethânia.

Confira abaixo a programação de shows para a semana de inauguração.

Concomitante a abertura das 14 lojas no Food Park Vale do Aço, a Sala Mineira do Empreendedor em Ipatinga, que apoia o desenvolvimento do pequeno e médio empresário na cidade, contabilizou no primeiro semestre deste ano, a abertura de 348 novas empresas no município. Um crescimento de 38% se comparado ao mesmo período do ano passado, em que foram abertos 252 empreendimentos locais.

O parque de alimentação a céu aberto em nada se assemelha às tradicionais praças de alimentação dos centros comerciais. “O espaço ao ar livre é fundamental para se criar um ambiente aconchegante, onde as pessoas vão não apenas para comer, mas para se divertir, confraternizar, ouvir música e também curtir intervenções artísticas e culturais que estão previstas para serem realizadas no Food Park”, destaca o empresário Philipe Matias, de 29
anos, que diz ter observado as tendências do mercado gastronômico para idealizar o espaço.


A inauguração do novo espaço de lazer está prevista para esta quinta (16)


Philipe também conta que teve a ideia de criar o Food Park após assistir alguns programas televisivos e visitar parques de alimentação em capitais como Rio de Janeiro. “Notei que começaram a surgir eventos sequenciais de Food Truck’s, que faziam o público abrir mão do conforto do ar condicionado de lojas e de praças de alimentação para frequentar esses novos espaços. Então, pensei em reunir diversas culinárias, na proposta gourmet, em um só lugar e atrair o público para saborear comida boa e diferenciada com valores atrativos. A diversidade de produtos, o alto nível da comida e o aspecto visual que causa a reunião desses food’s foi o estalo para planejar um espaço permanente deste tipo em Ipatinga”, disse.

Na praça de alimentação funcionarão, ao todo, 14 lojas distintas, entre elas: comida japonesa, batata frita, hambúrguer artesanal, cachorro-quente, sorvete gourmet, creperia, açaí, bebidas, sucos, pizzaria, culinária mexicana, pastelaria, caldo de cana, espeteria e ainda o playground.

Aposta no bairro mais populoso da cidade
A escolha pelo bairro Bethânia como berço deste espaço não foi aleatória, segundo o empresário. Ele disse ter analisado a viabilidade de implantar o Food Park em outros locais da cidade, mas a característica dos moradores e do público que frequenta a região foi determinante. “Nós apostamos no perfil de pessoas que vivem e que passam por aqui. Sabemos que a conurbação dos bairros Canaã com Bethânia tornou essa região a mais populosa de Ipatinga. Estamos próximos também de um importante centro universitário, que diariamente recebe mais de cinco mil alunos. Além das igrejas e da movimentada avenida comercial, a Selim José de Sales”, enfatizou Philipe.

Entusiasmo dos lojistas
Muitos dos empreendedores que abrirão suas lojas no Food Park se mostram entusiasmados com a proposta do local. É o caso do Murilo Sérgio e sua esposa Lúcia Martins, que nos últimos cinco anos trabalharam em uma farmácia da cidade, mas agora decidiram empreender. “Aqui é a porta que a gente precisava. A gente comprou a ideia do Food Park assim como eles compraram a nossa”, comentou Lúcia. “Estávamos planejando empreender em 2019, no ramo de sorvetes. Mas, a oportunidade surgiu antes. Bastou algumas consultorias, a negociação com os donos do espaço e a ideia saiu do papel, sendo muito ampliada. Agora, além de oferecermos sorvete expresso, que era a proposta inicial, vamos comercializar o produto na linha gourmet com fabricação exclusiva para a nossa marca”, comemorou a nova empreendedora.


O Food Park conta com mais de 10 opções de gastronomia, além do playground


Já Henrique Prado Andrade é o dono do hambúrguer artesanal que será comercializado na praça de alimentação. Sócio-proprietário de uma distribuidora de alimentos na cidade, Henrique aproveitou seu contato com fornecedores de matéria-prima de qualidade e topou o desafio de construir seu próprio produto e negócio. “Elaborar os hambúrgueres gourmets, tendo o apoio de chef’s e amigos, foi uma experiência incrível. Agora, com o cardápio fechado e produtos definidos estamos prontos para apresentar o resultado para o público. Nosso objetivo é inovar na apresentação e sabor do produto, e surpreender na qualidade de atendimento do parque de alimentação”, enfatiza Henrique.

Programação cultural de inauguração
A partir desta quinta-feira, uma programação especial de shows regionais foram programadas para a inauguração do novo espaço. As atrações musicais terão início no parque de alimentação, a partir das 21h30.
Quarta-feira (15) – DJ Thiago Matias
Quinta-feira (16) – Vitrolas
Sexta-feira (17) – Douglas Neto e Trio
Sábado (18) – Leslie e Laurie
Domingo (19) – Diego Souza e Banda

Serviço: Food Park Vale do Aço
Onde: Avenida Selim José de Sales, 2.031 – Bairro Bethânia, ao lado
do Supermercado Bretas
Quando: De terça-feira a domingo, das 17h à meia-noite
Quanto: A entrada é gratuita. As comidas têm preços que variam de
R$ 10 a R$ 40.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário