08/08/2018 18:00:00

Domingo pela manhã, a decisão do título da Liga Vale do Aço

O artilheiro até agora é Neguinho, do AAL, que não está mais na competição



Divulgação


O Vale Verde levantou a taça ano passado e espera, com o mesmo entusiasmo, repetir o feito nesta temporada

Vale Verde e Internacional decidirão o título da quinta edição do torneio paralelo denominado Liga Vale do Aço, organizado por um grupo de desportistas de Timóteo e Coronel Fabriciano, que nesta edição reuniu 11 clubes oriundos de Timóteo, Coronel Fabriciano, Jaguaraçu e do distrito marlierense de Cava Grande. A grande final será em apenas um jogo, marcado para começar às 9 horas do próximo domingo (12) no estádio Louis Ensch, o Campo do Social, em Coronel Fabriciano, com entrada franca.

Os participantes desta edição foram: AAL; Cava Grande; Goiás; Internacional; Jaguar; Largadinho; Luxúria; Serra; Paysandu; Sparta e Vale Verde. Os times jogaram, na primeira etapa, em turno único, classificando-se os oito primeiros para a fase seguinte, a partir de quando a LVA começou a ser disputada no sistema de mata-mata.

Grande campanha
O artilheiro até agora é Neguinho, do AAL, que não está mais na competição. O goleiro menos vazado é do Vale Verde, Thiago, que não levou nenhum gol até a disputa da semifinal. O Vale Verde é um dos únicos dois clubes (o outro é o Sparta) a participar de todas as edições da LVA. Sua campanha até aqui foi a seguinte: 0 a 1 para o Largadinho, 5 a 0 no Goiás, 1 a 0 no Paysandu, 2 a 0 no Jaguar, 4 a 0 no Luxúria, 1 a 0 no Serra, 3 a 1 no Cava Grande, 3 a 0 no Sparta, 4 a 1 no Amigos do AL, 1 a 0 no Internacional. Nas quartas-de final, venceu o Luxúria por 1 a 0 e empatou o outro jogo em 1 a 1. Na semifinal, fez um duelo equilibrado com o Largadinho, vencendo o jogo de ida por 5 a 3 e perdendo o duelo de volta por 2 a 1. Para confirmar o favoritismo rumo a mais um título, o técnico Wesley conta com jogadores como Luca Yan, Igor Maia, Russo, além do invicto goleiro Thiago.

O Internacional, uma das surpresas positivas do campeonato, teve os seguintes resultados na fase de classificação: 1 a 2 para o Luxúria, 6 a 3 no Serra, 1 a 1 com AAL, 2 a 2 com Largadinho,3 a 2 no Cava Grande, 2 a 2 com Paysandu, 3 a 0 no Jaguar, 3 a 4 para o Goiás, 0 a 1 para o Vale Verde e 2 a 2 com Sparta. Nas quartas de final, venceu o jogo de ida com o Sparta por 1 a 0 e empatou o segundo por 1 a 1.

Na semifinal, pegou o Cava Grande e empatou o primeiro em 0 a 0 e venceu, na casa do adversário, o jogo de volta por 1 a 0 para garantir passaporte à final. O treinador Elias Frade está confiante em surpreender o adversário, a quem a maioria aponta como favorito pelo histórico vitorioso na competição, bem como por possuir jogadores de maior renome. Os destaques do time, que impulsionarão seus companheiros no domingo pela manhã, são os irmãos Igor e Diego Giraldeli, além do goleador Luan Reis.

Logo após o encerramento da partida, que terá arbitragem de integrantes da Lidecel ou da LAD (a definição será nesta quinta-feira), haverá a premiação aos campeões e vice-campeões, com direito a volta olímpica e muita comemoração. A expectativa de público é de acima de 1 mil espectadores.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário