27/07/2018 21:12:00

Noite violenta em Ipatinga, com dois homicídios

Um homem foi executado no bairro Bom Jardim e outro no Bom Retiro




Homicídio na praça do BJ

Duas pessoas foram assassinadas na noite dessa sexta-feira (27), em Ipatinga, crimes ocorridos com diferenças de minutos em dois locais diferentes na cidade. A única coisa em comum com os assassinatos: o mistério da autoria e da motivação para os atentados.

O primeiro homicídio foi registrado por volta das 20h, na praça Waldomiro Serafim da Costa, no bairro bom Jardim. A reportagem do Diário do Aço confirmou, no local do fato, que Marcone George Negro Silva, de 44 anos, foi morto a tiros por uma pessoa não identificada.

Testemunhas disseram à polícia que a vítima estava na praça, em uma bicicleta, quando um homem, também usando uma bicicleta, chegou pelas costas e a executou com disparos de arma de fogo. Pelo menos dois tiros acertaram a cabeça de Marcone. O assassino correu em seguida, sem ser identificado.

As equipes da Polícia Militar acionaram o resgate do SAMU, mas a vítima já estava morta. O corpo foi encaminhado ao IML de Ipatinga após os trabalhos da perícia da Polícia Civil. Nenhuma pessoa constatou qualquer discussão de Marcone antes de ser morto na praça, que estava movimentada devido à tradicional feira-livre realizada toda sexta-feira.

Wellington Fred


Vítima saiu desse carro e foi assassinada a tiros, no Bom Retiro


Ex-metalúrgico da Usiminas executado a tiros

Já no bairro bom Retiro, na rua Martim Afonso de Souza, de três a quatro pessoas cercaram o eletricista aposentado da Usiminas, Evenilson Gonçalves, 48 anos. A vítima foi morta com tiros na cabeça, pernas e em uma das mãos. Os autores foram vistos correndo logo após os disparos.

A vítima foi atacada quando se preparava para guardar o carro na garagem. Evenilson estava ao lado de um Ford Focus e caiu mortalmente ferido ao ser atingido pelos disparos. Populares viram de longe os autores correndo, um deles arrumando um objeto na cintura, possivelmente a arma de fogo.

Reprodução


Evenilson tinha 49 anos
A PM não conseguiu apurar, devido às informações desencontradas, como fugiram os autores. Um deles foi visto em uma bicicleta modelo Poti e outros embarcando em um carro, possivelmente Chevrolet Monza ou outro veículo parecido com este modelo, e que estava estacionado atrás do clube Industrial.

Uma unidade do SAMU chegou a ser acionada, mas Evenilson já estava sem vida e a equipe apenas confirmou o óbito. A perícia da Polícia Civil apontou que a vítima foi atingida por disparos na cabeça (três), nas pernas (três) e na mão direita (um). Um tiro ainda acertou o para-choque do Focus.

O Diário do Aço apurou, com familiares, que Evenilson aposentou-se há pouco tempo, da Usiminas. Estava separado da mulher havia cerca de 30 dias. O aposentado saiu do bairro Bela Vista, onde morava, e residia na casa da mãe dele no Bom Retiro, onde aconteceu o crime. Ele é de uma família de dez irmãos e deixou um casal de filhos.

Amigos informaram que Evenilson era eletricista aposentado da Usiminas, sem histórico de envolvimento com o mundo do crime e era considerado uma boa pessoa, sem qualquer registro de ameaças ou problemas.


Noite violenta em Ipatinga, com dois homicídios
MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Edvânio Drumond Gomes

30 de Julho, 2018 | 03:59
Infelizmente perdemos mais um colega de trabalho para o crime que assola a nossa cidade, crime esse ainda sem resposta das autoridades competentes, até quando vai morrer pessoas pra nossos governantes corruptos tomarem uma providência em questão da segurança pública, confio no poder de investigação da policias civil e militar e creio que em breve teremos resposta desse trágico e barbaro crime.

Joao

29 de Julho, 2018 | 11:56
Bom retiro, bela vista, cariru e castelo...locais onde se encontra os maiores traficantes da cidade...passam despercebidos... O inimigo pode esta ao seu lado

Jose

28 de Julho, 2018 | 13:47
Sei não... ninguem toma tiro de graça .......

Zé Lelé

28 de Julho, 2018 | 12:10
Bom retiro e bom jardim de 'bom' não tem nada.... Violência do carai.

Bolsomito

28 de Julho, 2018 | 11:06
Falam que o bom retiro e isso é aquilo no bom retiro tem mais traficantes que em qualquer outro bairro de Ipatinga agora me fala quando a polícia fez a última apreensão de drogas e armas no bairro acorda população comecem a denunciar

Dexter

28 de Julho, 2018 | 08:46
Emprego em Ipatinga? Mais fácil pescar um bacalhau no ribeirão Ipanema.

José Maria Andrade e Souza

27 de Julho, 2018 | 22:57
Crendespai nesse Ipatinga. Lugar lindo, mas lombrado. Desemprego e droga e mato.
Envie o seu Comentário