09/07/2018 09:30:00

Segunda-feira começa com acidente fatal no Canaã em Ipatinga

Atropelada por caminhão na avenida Selim José de Sales, condutora de motocicleta não resiste e morre



Wellington Fred + Reprodução


Elizângela Florentina Mendes Santos, tinha 41 anos

Uma motociclista morreu, no começo da manhã dessa segunda-feira (9), em um acidente na avenida Selim José de Sales, no bairro Canaã, em Ipatinga.

Elizângela Florentina Mendes Santos, de 41 anos, que morava na rua Judite, bairro Canaã, conduzia a Yamaha YBR vermelha, placa GWN 4311, de Ipatinga, e trafegava sentido ao bairro Jardim Panorama, quando foi atingida por um caminhão no momento em que passava em frente a Escola Municipal Artur Bernardes.

O motorista do caminhão, Lourival Gomes de Oliveira, 52 anos, em entrevista ao Diário do Aço, informou que trafegava sentido ao centro de Ipatinga, precisava parar no posto de combustíveis que existe logo à frente e deu seta para entrar no posto.

O caminhoneiro disse em entrevista ao Diário do Aço que parou no semáforo na faixa da esquerda. Assim que abriu deu a partida, pois tinha que entrar no posto.

“Logo após passar o cruzamento, já liguei a seta, pois precisava entrar no posto. Esperei dois carros passar e comecei a transpor a faixa para a direita. Ao olhar no retrovisor direito percebi que a motociclista se aproximava. Esperei ela passar e mantive a seta ligada. Ainda comentei que meus ajudantes que havia um motociclista tentando ultrapassar. Olhei para o retrovisor esquerdo e vi que não conseguiria mais voltar para a faixa. Foi quando escutei um barulho e quando olhei de volta à direita já vi a motociclista deslizando para debaixo do caminhão. Pode ter freado a dianteira ou desequilibrou-se ao encostar em algum veículo estacionado", detalhou.

Outros acidentes:
Colisão de moto e carro em trecho perigoso no Caravelas
Mulher de 39 anos morre em acidente com motocicleta na MG-232



Segunda-feira começa com acidente fatal no Canaã em Ipatinga

MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Pedrin Perito

11 de Julho, 2018 | 09:54
Caminhoes, onibus, moto, carroça,veiculos lentos de todas as especies andam em sua maioria da faixa esquerda porque a via direita em quase toda a extensão viaria de Ipatinga está em pessimo estado de conservação, lombadas formadas pelo asfalto de má qualidade, erosoes ,buracos,veiculos estacionados ao lado, ocupando parte da via, além de tampas de bueiro da copasa( formam buracos), que dá cada baque no carro...haja suspensão !!!

Exceto os motoristas de timoteo, os bixim rodas dura,esses são de natureza... se tiver um carro com placa de timoteo ao seu lado, na frente ou atras, acelere !! kkkkkk

Cleber

11 de Julho, 2018 | 03:01
Que que esses motoristas de carros pesados ficam fazendo na esquerda, só pra atrapalhar o trânsito. E isto.

Ana

11 de Julho, 2018 | 00:10
Muito triste o acontecido. Sou recém habilitada de moto e posso concordar o perigo que passamos todos os dias, o jeito é andar certo, Eu mesma nao faço corredores que morro de medo de algum carro nao me ver e bater...

Morena

10 de Julho, 2018 | 17:44
talves por um descuido ,ou imprudencia da vitima, infelizmente veio a óbito,mais isso acontece nesse transito louco dessa cidade,e na correria do dia a dia,tbm sou motoqueira, temos realmente que ter mais atençao no transito, fatalidades acontecem,meus sentimentos a familia.

Leitorr

10 de Julho, 2018 | 08:42
Creio que a culpa foi do motorista do caminhão. Primeiro que é um veiculo lento e se não iria convergir a esquerda, não deveria estar trafegando nesta faixa que é para veículos mais rápidos . Segundo ele afirma que a viu pelo retrovisor da direita tentando passá-ló. Bem se fosse um carro, ou outro veículo grande, com certeza ele não teria entrado, como não entrou na pista da direita quando tinha 2 carros o passado. Todos sabem que muitos não gostam de motos. Ele queria entrar num posto de gasolina que estava à direita, trafegava à esquerda e simplesmente entrou por ser um veículo maior. Creio que não fez com a intenção de matar (dolo), mas assumiu a culpa quando viu que ela estava na direta e não efetuou a manobra segura somente apos ter certeza que ela ou qualquer outra pessoa não estava em risco. Foi negligente e imprudente.
INFELIZMENTE O TRANSITO EM IPATINGA ESTA LARGADO. ELE É 90% FEITO PELA VIA DA ESQUERDA COM MOTORISTAS MOROSOS QUE ANDAM PASSEANDO.
FALTA DE FISCALIZAÇÃO DE NOSSO PODER PUBLICO.

Motorista Cat Ab (mop)

10 de Julho, 2018 | 08:41
Muitos colocando culpa nos motociclistas (quero ver ir a um motoclube e chamar os integrantes de motoqueiros), que as pessoas que condutoras de tal veiculo sao imprudentes, que devemos banir as motocicletas e comprar um carro. Aposto que muitos aqui gostam de pedir um lanchinho em casa a noite, esperar uma encomenda que muitas vezes sao entregues por profissionais habilitados ( ha voce nao lembrou dos correios que tambem entregam de motocicletas). Todos temos responsabilidades no transito, quantas vezes ja observei condutores de carro com um cigarrinho nos dedos, uma mensagem no zap enquanto o sinal esta fechado prestes a abrir, veiculos forçando motocicletas a sairem da via para o carro passar (sempre pensam que por ser menor nao nessecita de tanto espaço, caminhoes transbordando combustiveis em curvas nas vias sem contar areia e entulhos. Nao sou perito para falar quem estava errado para achar um CULPADO como muitos apontam, mas uma familia esta arrazada e um condutor pode ter serios problemas emocionais e traumaticos, convido a todos a rever as condutas pessoais para que possamos ter mais segurança. Começe por voce a praticar sua direçao defensiva e a gentileza no transito que assim teremos um numero menor de acidentes. Tem um compromisso que nao pode adiar reserve 30min de deslocamento que pode ajudar a evitar acidentes. Minhas condolencias a familia e que deus conforte todos os coraçoes.

Manuel

10 de Julho, 2018 | 08:03
Ipatinga é umas das cidades que mais tem acidentes com moto.....se tiver dùvida e so pesquisar na internet ...todos os dias temos acidente na cidade sejam eles mais leves ou
fatais ....ainda neste caso desta moça que morreu um policial em entrevista a Rádio vanguarda disse que a moto tem o mínimo de segurança possível, o que acontece com Ipatinga que aqui tem motos demais, inclusve somando os motos táxis....vc ta de carro e para num semáforo vc vê 10 a 15 motos do seu lado....com a facilidade de comprar e pagar e manter a moto se torna de fácil aquisição...viajo muito para outras cidades de minas...tem motos ...mas não o tanto quanto temos aqui.....aqui tem demais da conta.









Jesus

10 de Julho, 2018 | 08:02
Leitor, nos seres Humanos temos o direito de escolher a melhor forma de se locomover, seja de moto,carro,aviao e etc. O correto e saber das leis e deveres que temos no transito, quantas pessoas morrem de carro por dia? Então nao julgue antes de ser julgado, onde um vacilo na vida pode ser fatal para qualquer um.Hoje foi a familia da nossa amiga, amanha pode ser a nossa, temos que estar preparados e na presença de DEUS, para nos livrar de todos os males.

Wilson

10 de Julho, 2018 | 05:54
E lamentável a perca de um ente querido desta forma..
Çdeixo meus sentimentos a família.

Roberto

09 de Julho, 2018 | 20:31
Infelizmente, isso acontece é vai continuar a acontecer, enquanto os motociclistas insistirem em fazerem ultrapassagem pela direita , andarem no beco,como dizem e se acharem, indestrutíveis.lamentavel deus conforte a família que fica sofrendo.

Juca

09 de Julho, 2018 | 18:02
Que Deus conforte os familiares

Sabonete

09 de Julho, 2018 | 17:40
BANDO DE GENTE FALANDO PELOS COTOVELOS.....

Verdade Evangelica

09 de Julho, 2018 | 16:51
concordo com o sinval coelho, todos nós um dia vamos morrer, chegou a hora dela, nao importa gente deu sua hora, você pode estar mais protegido que for, que você irá morrer, entao meus sentimentos a família Boa tarde!

Victor Hugo Fernandes Santos

09 de Julho, 2018 | 16:40
Pelo que eu entendi, o caminhoneiro estava saindo do cruzamento e o caminhão normalmente faz a curva muito aberta e acabou indo pra faixa da esquerda. Então ele tentou dar seta pra direita e alguns motoristas não tiveram a paciência de esperar o caminhão se posicionar. Nisso como os veículos passaram forçosamente, o caminhoneiro ficou impaciente porque estava chegando ao posto que iria abastecer e chegou entrando. Como se trata de um veiculo longo e lento ele não viu a condutora pelo retrovisor no momento. Ela achou que poderia ter passado como os carros fizeram e inicou a ultrapassagem pela direita mas sua moto era uma moto 125cc que não consegue responder imediatamente. Quando ela percebeu que não ia conseguir ultrapassar e que o caminhoneiro não iria recuar para ela passar, ela freiou o mais bruscamente possível para evitar a colisão e acabou desequilibrando a moto e entrando debaixo das rodas do caminhão. É lamentável pois eu a conhecia e além de bonita era uma pessoa extraordinária.

Richard Silva Vieira

09 de Julho, 2018 | 14:07
EU AINDA ACHO QUE O MOTORISTA DO CAMINHÃO FOI UM POUCO CULPADO,POIS ELE MESMO AFIRMOU QUE ESPEROU DOIS CARROS PASSAREM E PQ NÃO ESPEROU A MOTO OU PAROU ,E OUTRA SE ELE IA ABASTECER PQ NÃO FICOU DO LADO DIREITO DE UMA VEZ?E MAIS AINDA TODOS SABEM QUE CAMINHÃO "PESADO"SÓ ANDA DO LADO DIREITO...E CLARO A MULHER TALVEZ POR PRESSA DE CHEGAR AO TRABALHO RESOLVEU FAZER ESSA MANOBRA OU JÁ FAZIA A TEMPOS MAS ACHAVA QUE NUNCA ACONTECERIA DELA SER FECHADA...LAMENTÁVEL.

Sinval Coelho

09 de Julho, 2018 | 13:25
Bom dia a todos!
Todos nós vamos morrer um dia, só não sabemos a hora e nem o motivo. Só Deus sabe.
Chegou a hora e o dia dela. Motivos e desculpas muitos tem. Estou esperando o meu dia, seja de avião, ônibus, carro, moto, cavalo, bicicleta e até de patins! Que Deus conforte a família enlutada. Amém.

Cidadao

09 de Julho, 2018 | 12:22
Triste noticia... respeito todas as opiniões acima, mas faço uma observaçao: a motocicleta não é a causadora dos acidentes e sim o condutor aliado a outros fatores como por exemplo outros veículos q não respeitam os motociclistas. Uma coisa mim chamou atenção neste acidente... o motorista disse q deu seta! Ele não deve ser de ipatinga, pois aki ninguém faz isso! Meus respeitos aos familiares, q Deus os conforte!

Geraldosebastiao

09 de Julho, 2018 | 12:17
Pode não ser o casa deste acidentes ,mas nas maiorias das vezes é imprudências de motoqueiros.Que Deus conforte a família!

Fabio

09 de Julho, 2018 | 12:17
Que Deus conforte a Família. E que possamos sempre acordar de amanha e lembrarmos de colocar nosso dia, nosso trajeto, nosso caminho nas mãos do Senhor. Que Deus proteja todos nos que seja a pé, de bicicleta, motocicleta ou carro livrando de todo acidente.
Semana abençoada a todos.

João

09 de Julho, 2018 | 11:57
infelizmente não foi um desses que empinam moto pelas avenidas, desafiando os carros e realizando zig zagues, com suas descargas barulhentas, semelhantes a usadas por bandidos.

Leitor

09 de Julho, 2018 | 11:53
Só para constar, em resposta ao Leitor2, sou assalariado, ganho salário, tenho um gol velho e sustento casa. A diferença é que não abri mão da minha segurança para economizar uns trocados no fim do mês para gastá-lo sabe-se lá com o que. Fica a dica parceiro. Quem quer, não fica reclamando da vida, faz alguma coisa. Quer andar de moto? Continue andando, é um problema seu. Mas quem quer largar essa birosca, arruma um Fiat uno de 5 mil reais, um gol de 6 mil e vive feliz, só isso.

Geisimar

09 de Julho, 2018 | 11:06
Bom dia. É indiscutível que a moto é menos segura que o carro. Entretanto, acho que o que tem acontecido é que alguns motociclistas ou motoqueiros, anda sem nenhuma responsabilidade. Passo nessa avenida todo dia, e tenho visto quantas mulheres têm se aventurado sobre motos, não digo que seja o caso da Elizângela, mas precisamos refletir sobre nossa conduta. Que Deus conforte os familiares e amigos.

Geisimar

09 de Julho, 2018 | 10:59
Bom dia. É indiscutível que a moto é menos segura que o carro. Entretanto, acho que o que tem acontecido é que alguns motociclistas ou motoqueiros, anda sem nenhuma responsabilidade. Passo nessa avenida todo dia, e tenho visto quantas mulheres têm se aventurado sobre motos, não digo que seja o caso da Elizângela, mas precisamos refletir sobre nossa conduta. Que Deus conforte os familiares e amigos.

Leitor2

09 de Julho, 2018 | 10:44
O amigo acima deve falar isso, porque deve ter um emprego seguro, que dá condições para pagar um Bom carro, creio que deve ser isso, fala isso porque não mora longe, porque não precisa se preocupar com preço da gasolina, porque pode vender a moto e ainda tem uma grana extra para inteirar e comprar um bom carro, porque deve ter grana sobrando pra pagar IPVA, 4 pneus, óleo e manutenções... Aí vc diz, então vc prefere morrer do que comprar um carro, aí eu respondo, se eu comprar um carro eu não tenho dinheiro pra pagar minhas despesas em casa, então ande de ônibus! Sério isso, vai te Catar irmão! Nada é equivalente à nossas vidas, mais também não seja ignorante a ponto de aconselhar os outros a não andarem de moto!

Dexter

09 de Julho, 2018 | 10:32
Bom dia a todos;
Lamentável mais uma pessoa falecer de acidente com motocicleta.
Gente, eu dirigo carro, não foi este caso mas muitas vezes devido aos pontos cegos dos veículos, velocidade da motocicleta e tamanho da mesma elas se aproximam muito rápido, já fechei motociclistas mas não foi por maldade nem embriaguês apenas pelos motivos que relatei.
Muita Paz para a familia.

Caio

09 de Julho, 2018 | 10:23
SR LEITO NAO CONCORDO COM VC FERA E AS PESSOAS QUE TRABALHAO COM MOTOS ISTO AI FOI VACILO DELA CORTAR PELA DIREITA FALTOU ATENÇAO DA VITIMA NAO FOI PORQUE ELA VEIO A OBITO QUE TODOS OS MOTOQUEIROS VIRAO TB OK E MEU SENTIMENTOS AOS FAMILIARES

Leitor

09 de Julho, 2018 | 10:02
É lamentável este acidente. Que Deus possa confortar as famílias.

Caro leitor, você tem amor à sua vida? Ouça este precioso conselho: venda sua moto e compre um carro. Se a questão é dinheiro, existem carros no preço de boas motos que não te fará gastar tanto mais, basta escolher bem, e que são muito econômicos. Você gastará um pouco a mais, mas esta diferença de gasto, andando de moto, você a gastaria pagando por remédios, tratamento médico ou dando despesas funerárias para sua família em algum acidente grave, assim, não compensa ter moto. "Ah mas eu ando com segurança", o grande problema de moto é que até mesmo correto se corre risco, infelizmente. Troque sua moto, ande de ônibus se for preciso, mas você estará vivo.
Envie o seu Comentário