28/06/2018 12:04:00

Um morre e outro fica ferido a tiros no bairro Limoeiro em Ipatinga

Dois assassinos descarregaram arma de fogo contra dois jovens, um foi perseguido até cai morto



Reprodução álbum pessoal


Mateus Freitas Vicente, 17 anos


Um homicídio e uma tentativa de homicídio foram registrados no fim da manhã dessa quinta-feira, na avenida José Anatólio Barbosa, no bairro Limoeiro, em Ipatinga. Duas pessoas foram atingidas por vários tiros. Adriano Pereira de Jesus, de 41 anos, foi socorrido com vida, com ferimentos em uma das pernas, e Mateus Freitas Vicente, de 17 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. Os levantamentos da Polícia Militar identificaram um suspeito de envolvimento, um adolescente de 17 anos, que ainda é procurado. A motivação do crime ainda é apurada.

Em uma tentativa de escapar da morte, Mateus correu e tentou esconder-se dentro de um estabelecimento comercial, mas atingido por seis tiros de arma calibre 38, no tórax, rosto e cabeça, caiu sem vida. Os indícios apontam que o alvo dos criminosos era somente Mateus e Adriano foi ferido por estar perto do adolescente no momento dos tiros.

A reportagem do Diário do Aço apurou, no local do crime, que o caso começou em um bar na rua José Gomes Ribeiro.
Lá, Mateus foi alvejado pelos primeiros tiros. Ele correu rumo a avenida Anatólio Barbosa. No caminho tentou entrar em uma casa e tomou mais tiros. Chegou a ficar encurralado pelos executores, que seriam outros dois jovens, que estavam em uma bicicleta. Um deles estava de posse de um revólver.

Um dos disparos atingiu e transpassou a parede da casa onde Mateus tentou entrar. O projétil atingiu um sofá onde costumeiramente fica sentado um idoso. No momento dos fatos o homem tinha acabado de se levantar e escapou da bala.

Mateus aproveitou o momento em que os atiradores estavam recarregando um revólver e retomou a fuga. Uma câmera de segurança flagrou o momento em que Mateus passou correndo entre barracas, em uma calçada. Logo em seguida passaram os dois executores, em uma bicicleta. Ao atravessar a avenida, Mateus entrou no comércio, caiu e morreu ferido a tiros. Os atiradores fugiram ao perceberem que a vítima estava caída e imóvel.

Além da perícia da Polícia Civil, o delegado titular da Delegacia de Investigação de Homicídios de Ipatinga, Eduardo Vinícius, foi ao local acompanhar o registro da ocorrência e colher as primeiras informações acerca do crime. Mateus tinha diversas passagens pela polícia, por envolvimento com delitos diversos.

Wellington Fred

Assassinato aconteceu no fim da manhã de hoje, no bairro Limoeiro, em Ipatinga




Um morre e outro fica ferido a tiros no bairro Limoeiro em Ipatinga


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Sgt Arnaldo

29 de Junho, 2018 | 09:49
As Vezes mim Pergunto,se foce um trabalhador mesmo nao taria pra Rua a Fora e nao Teria sua cabeça casada atoa, Gente ninguém tem um pode de tira a vida de ninguém. Mais se isso ocorreu alguma coisa esse cara fez pra ele merece. Isso entao que vagabundo acabe com vagabundo , cada um tem o que merece

Jubiscleiton

29 de Junho, 2018 | 07:55
Darksiders sempre sensato em seus comentários. Sempre faço das suas as minhas palavras!

01 do Bom Jardim

29 de Junho, 2018 | 00:02
Fala verdade eu 01 do bom Jardim vou fazer uma visita aí no Limoeiro qualquer hora só aguarda .aí da bicicleta vai subir TBM este mês ainda os 2 da bicicleta.assinado 01 o terror do BJ

Zé Lele

28 de Junho, 2018 | 18:15
Cara de bandido esse q morreu... Os vagabundos da bicicleta com bonezinho da Nike verde fluorescente que não entra na cabeça.... Por mim que se matem pra lá.

Kastiel

28 de Junho, 2018 | 16:33
E mano vc vai fazer muita Falta Aq que Deus te dê um bom lugar vai na paz meu irmão 🙏📿😪

Carlos Amaral

28 de Junho, 2018 | 14:38
Já foi tarde. Limoeiro é um dos piores bairros em termo de bandidagem. Esse marreta não vai dar marretada em mais ninguém. O problema é um transeunte inocente tomar um tiro destinado a este lixo.

Revoltado

28 de Junho, 2018 | 13:25
Esse vai fazer falta para comunidade. Rapaz trabalhador, estudioso, fazia trabalho voluntario enfim, um jovem com futuro brilhante. O pai sempre presente em todas reuniões da escola. Era um grande líder. VAI TARDE!!!

Darkside

28 de Junho, 2018 | 13:23
Eita olha a tatuagem no pescoço: "tudo passa".
Adivinhou hein foi "passado" então....

Fim do assunto. Próximo.

Roberto

28 de Junho, 2018 | 12:46
Será q vai fazer falta pra alguém? ??
Envie o seu Comentário