15/06/2018 16:22:00

Morre mulher atingida por tiros no bairro Limoeiro

Ex-amásio é procurado como suspeito de ser o mandante do crime



Álbum pessoal


Géssica Bruna Sousa tinha 31 anos


Hospitalizada com ferimentos provocados por tiros, Géssica Bruna Sousa Moura Lacerda, de 31 anos, não resistiu a dois tiros que levou na madrugada de sexta-feira (15), e morreu no começo da tarde. O suspeito de ser o mandante do crime seria o ex-amásio dela, Anderson de Oliveira Campos, de 30 anos, que se encontra foragido, conforme informou a Polícia Militar de Ipatinga ao Diário do Aço.

Uma denúncia via 190 indicou que havia ocorrido uma tentativa de homicídio na rua Marmelos, no bairro Limoeiro. Os policiais foram ao local e encontraram a vítima baleada na mão direita e na barriga. Uma equipe do SAMU socorreu a vítima e a encaminhou ao HMC, onde ficou internada.

Ela contou, durante o trabalho de socorro, que o ex-amásio e um indivíduo conhecido como “Baiano”, morador do Vale do Sol, no bairro Vila Celeste, seriam os autores do atentado. A motivação do crime, conforme familiares, seria que Géssica teria pego uma quantidade de drogas de Anderson, onde ele costumava guardá-las.

Anderson, conhecido como “Boneco”, passou a ameaçar a ex-mulher de morte, contudo dizia que não teria coragem de matá-la, mas que iria arrumar alguém para cometer o crime. A Polícia Militar suspeita que o autor do crime seria Rondinelli Souza, o “Massagado”, que foi visto em companhia do ex-amásio de Géssica.

O crime chegou a ser captado por câmeras de segurança nas proximidades do local do fato. Elas pegaram imagens de dois homens passando pela rua João Vicente dos Santos, com a rua Marmelos. Um deles passou uma arma de fogo para o outro disparar contra a vítima. Depois do crime, a dupla fugiu em um veículo não identificado.

Todos os envolvidos, suspeitos e vítima, possuem diversas passagens pela polícia, conforme relatos dos PMs que acompanharam o caso. O perito criminal Eduardo recolheu no local do crime um projétil de calibre 38 ou 380. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Ipatinga.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Doidão

21 de Junho, 2018 | 07:55
marmita de bandido, só da isso

Lucia Paiva

15 de Junho, 2018 | 18:29
Em briga de marido e mulher bandidos, não se mete a colher. Deixa prá lá.
Envie o seu Comentário