15/06/2018 14:46:00

Jovem executado a tiros no Centro de Santana do Paraíso

Vítima tentou correr, mas foi abatida com cinco tiros durante a fuga dos autores do crime



Reprodução


Pedro foi atingido com pelo menos cinco tiros, segundo as primeiras informações da polícia

A polícia registrou um homicídio na tarde desta sexta-feira (15), no Centro de Santana do Paraíso. Um jovem de 20 anos foi morto a tiros por dois homens que estavam em uma motocicleta. O crime foi praticado por volta de 12h30 na rua Primeiro de Maio, na área central de Santana do Paraíso. As informações repassadas pela Polícia Militar ao Diário do Aço apontam que os autores entraram em um lava jato. Eles surpreenderam Pedro Henrique de Oliveira Gomes, de 20 anos, que saiu correndo ao notar que seria o alvo de tiros.

Pedrinho, como era conhecido foi atingido no momento em que corria, caiu na entrada de uma casa e morreu no momento em que era socorrido.

O crime aconteceu na rua Primeiro de Maio, na área central de Santana do Paraíso. As informações iniciais apontam que dois homens, em uma moto Honda XRE 300 branca, perseguiram a vítima e dispararam vários tiros contra a vítima. Pedro Henrique de Oliveira Gomes, de 20 anos, foi mortalmente atingido.

Os autores fugiram em seguida, pela MG-232, sentido a Mesquita, sem serem encontrados pelos policiais militares que atenderam a ocorrência. Pedro Henrique foi socorrido com sinais vitais, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital Márcio Cunha. Conforme levantamentos do Diário do Aço, o jovem tinha passagens por tráfico de drogas, roubo, dentre outros delitos.

O caso foi acompanhado de perto pelo delegado Bruno Morato, que esteve no local e realizou, com sua equipe, os primeiros levantamentos acerca do crime. A perícia da Polícia Civil também realizou os trabalhos na cena do atentado em busca de pistas sobre a ação dos autores.

Os policiais tiveram acesso às câmeras de segurança nas proximidades e puderam colher detalhes físicos dos autores. Eles usavam bermudas e pararam a moto em outra rua, na Efigênia Benedito Paixão, antes de cometer o homicídio. As buscas continuam na região para a apuração do crime.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Nasa

19 de Junho, 2018 | 16:40
Muitos falando sobre bone da nike e isso defini algo pessoas com pensamentos idiotas como deveriam se cala diante de situaçoes como essas so comentam pra fala merda,, e mais pastor tem tatoo a maioria ja foi bandido,, roupas não defini carater e atitudes,, ele errou mas se Deus quis assim ninguém pode empedir e outra pica pau não significa nada e apenas um desenho tenho a alequina e isso não muda nada , mas nessa vida existe pessoas com preconceito de bones, tatoo, riscos na sombrancelha, e ate mesmo roupas e pessoas assim que a população deve ter medo

Sabonete

18 de Junho, 2018 | 09:04
NOVAMENTE....``A MALDIÇÃO DO BONÉ DA NIKE``.....ESSE NÃO VAI MAIS FAZER HORA EXTRA NESSE PLANETA.....

Pedrin Perito

16 de Junho, 2018 | 08:31
Concordo com o Dexter, as aparencias não enganam,apenas revelam o que pessoa é,em seu estado psico social.É um tal de bonezin generico da Nike,fazer desenhos com gilete na sombrancelha, chinelo com correia branca e sola multicor,além de bermudas estampadas.Facilmente identificamos um bandido pelas vestimentas.Parecem que eles se sentem bem quando identificados,uma questão de mérito e reconhecimento no mundo do crime.Assim como acontece com aqueles que tem tatoo de palhaço,caveira,faca,armas nos braços...

Passe longe desse pessoal,não é questã de preconceito é questão de vida ou morte mesmo.

Ex Bandido

16 de Junho, 2018 | 00:33
Cara bom mas era muito visto eu já paguei cadeia com ele no Ipaba falta de aviso não foi aceito Jesus lá dentro do sistema mas quando saiu não permaneceu . infelizmente temos que viver com esta realidade .Deus tem compromisso com quem busca ele.este jovem ouvia a palavra de Deus todos os dias.fico triste com esta notícia.meus pêsames a família.Vai com Deus Amigo Pedrinho

Dexter

15 de Junho, 2018 | 19:01
Tinha passagem e foi "passado".
E essa tatuagem de Pica Pau, boné nikezinho é fatal.
Envie o seu Comentário