13/06/2018 16:10:00

Codema de Timóteo renova membros

As reuniões do Codema são abertas ao público com direito a voz, nos termos do regimento, sendo o voto direito exclusivo dos conselheiros.



Divulgação


A reunião do colegiado indicou o engenheiro florestal Nilberto Paulino Araújo como coordenador técnico
A administração municipal de Timóteo nomeou os novos membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Codema) e do Conselho Gestor do Fundo Municipal de Meio Ambiente. Nesta quarta-feira (13) foi realizada a reunião ordinária do Codema na Casa de Educação Ambiental, no bairro Primavera. No encontro foi promovida a eleição do novo coordenador técnico do Codema. Por unanimidade, foi escolhido o engenheiro florestal Nilberto Paulino Araújo.

Também foi anunciado o funcionamento do Fundo Municipal de Meio Ambiente que, a partir desta gestão, cumprirá a legislação vigente na captação e aplicação dos recursos, com a devida prestação de contas ao Codema e a Câmara Municipal.

Em destaque na reunião, a apresentação do projeto de revitalização do Viveiro Municipal e o “nivelamento das informações referentes à Deliberação Normativa de Terraplanagem”, que disciplinará as movimentações de terra no município, envolvendo cortes, desaterro, escavações, aterro e outros.

As reuniões do Codema são abertas ao público com direito a voz, nos termos do regimento, sendo o voto direito exclusivo dos conselheiros.

Para a composição do Codema foram nomeados os representantes (titular e suplente) dos setores governamentais; da Secretaria de Estado de Meio Ambiente; da Fundação Aperam Acesita; da Polícia Militar de Meio Ambiente; da Associação Comercial; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Conselho Comunitário do Município de Timóteo; Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Timóteo (Metasita); Associação de Amigos do Parque Estadual do Rio Doce; e dos servidores efetivos do Poder Legislativo de Timóteo.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Kim Valverde

13 de Junho, 2018 | 21:25
Todos os ambientalistas timoteenses comemoram a postura da atual Administração em cumprir fielmente a lei
que instituiu o Fundo Municipal de Meio Ambiente, rompendo assim com os "desvios de finalidade" na aplicação
dos recursos que ocorriam a desde sua criação.
Tais desvios causaram controvérsias inclusive com inquéritos na Câmara e denúncias ao Ministério Público.
A partir de agora todas as receitas do município com taxas de licenciamento, multas ambientais, repasse do
ICMS ecológico, valores por uso de espaço público, receitas provenientes de condenações judiciais e outras
fontes de repasse serão integralmente aplicadas exclusivamente na melhoria da qualidade do meio ambiente da
nossa cidade.
A prestação de contas de receitas e aplicações passam a ser feitas mensalmente à Câmara e ao CODEMA,
envolvendo só neste mês junho recursos na ordem de 262 mil reais.
É mesmo de se comemorar.
Envie o seu Comentário