13/06/2018 08:18:00

Trave e rede do 7 a 1 vão para museu da Alemanha

Projeto arrecadará fundos para hansenianos com itens simbólicos da goleada histórica na Copa de 2014



Divulgação / Cofins


Quatro anos depois o Mineirão viu-se livre da trave e da rede onde foram marcados cinco dos sete gols germânicos na Copa de 2014

Um avião cagueiro da Lufthansa retirou na tarde dessa terça-feira (12), do solo mineiro, um símbolo pouco honroso, uma das traves por cujo portal passou a goleada da Alemanha sobre o Brasil, por 7 a 1, na semifinal da Copa do Mundo de 2014.

Quatro anos depois o Mineirão viu-se livre da trave e da rede onde foram marcados cinco dos sete gols germânicos. Os dois itens simbólicos daquele 8 de julho embarcaram em um avião de carga da companhia aérea Lufhtansa, que partiu ontem do aeroporto de Confins para Dortmund, onde serão exibidos no Museu do Futebol, administrado pela Federação da Alemanha (DFB).

Os símbolos do 7 a 1 foram levados em função de uma parceria entre a administração do Mineirão, o Consulado Honorário da Alemanha em Belo Horizonte e a ONG alemã DAHW. A rede e a trave, expostas no Museu do Futebol, em Dortmund, ajudarão a arrecadar fundos para instituições sociais, de saúde e de fomento ao esporte no Brasil.

A rede será fatiada em cerca de 8 mil pedaços e cada pessoa que doar um valor acima de 71 euros receberá uma parte. As contribuições reforçarão projetos da DAHW, ONG que presta assistência a pessoas acometidas de hanseníase e tuberculose há 60 anos. O dinheiro arrecadado será revertido para instituições brasileiras. O projeto, chamado 'Goleada do bem', já assegurou 100 mil euros (R$ 450 mil).


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário