12/06/2018 17:58:00

Recurso de Carlos Vasconcelos reconhece legalidade da candidatura de Douglas

“O único pedido dele (Carlos Vasconcelos) é para excluir a condenação por má-fé da sentença proferida em primeira instância”, argumentam os advogados de Douglas



Reprodução de vídeo


Vespa (Rede) e Douglas Willkys (PSB)

A Coligação A Mudança de Verdade esclarece que não é verdade que o candidato Carlos Vasconcelos (PCdoB) tenha apresentado recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra a candidatura de Douglas Willkys (PSB) a prefeito de Timóteo, conforme veiculado por um jornal de circulação regional.

A bem da verdade, a Coligação A Mudança de Verdade esclarece que no recurso apresentado ao TRE-MG, os advogados do candidato Carlos Vasconcelos não pedem a impugnação da chapa de Douglas e Professor Vespa (REDE). Carlos não tinha acesso à sentença que originou o pedido de impugnação e, assim sendo, apesar de discordar do teor da Lei da Ficha Limpa, Vasconcelos entendeu que a Lei foi corretamente aplicada no caso de Douglas e Professor Vespa e, por isso, não voltou a questionar a legalidade da candidatura dos candidatos da Mudança de Verdade.

O recurso apresentado no TRE é sobre a sentença do juiz da 98ª Zona eleitoral da comarca de Timóteo, Rodrigo Antunes Lage, contra a qual os advogados de Carlos recorreram da condenação por litigância de má fé e da multa que foi condenado a pagar. O único pedido dele é para excluir a condenação por má fé da sentença proferida em primeira instância.

Douglas Willkys mais uma vez lamentou o episódio e a veiculação equivocada e sem fundamento que só serve para tumultuar e levar insegurança ao processo eleitoral. “Vamos continuar levando as nossas propostas e trabalhando com seriedade, pois Timóteo merece o melhor”, citou Douglas Willkys. “Esse episódio só nos dá mais força para continuar levando a nossa mensagem aos quatro cantos de Timóteo. Isso mostra que estamos no caminho certo. O reconhecimento por parte de um adversário de que nossa candidatura é legal e legítima só nos mostra que acertamos com nossas escolhas e posturas, da mesma forma que faremos se formos eleitos”, concluiu Douglas Willkys.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Maria Aparecida

13 de Junho, 2018 | 08:07
Concordo com você Ronaldo. Este candidato só tem causado transtorno no centro de Timóteo, sua comitiva eleitoral coloca só alto em frente aos estabelecimentos comerciais, ficam fumando e parado em frente a porta das lojas, sujam a rua e a gente tem que ficar chamando a atenção deles.

Ronaldo

13 de Junho, 2018 | 07:16
Ja que o juiz julgou improcedente o argumento do candidato Carlos Vasconcelos, como punicao deveria cassar a candidatura dele, para servir de licao e tambem para que aprenda escolher bons advogados, e nao advogadecos. Fora Renato Guaraciaba, fora Geraldo Hilario!
Envie o seu Comentário