12/06/2018 12:31:00

Carro capota próximo ao Shopping do Vale do Aço em Ipatinga

Três ocupantes saíram com ferimentos leves, apesar dos estragos no automóvel que teria fechado a carreta



Wellington Fred


A Parati capotou ao ser atingida por uma carreta

Um acidente grave por pouco não resultou em morte na manhã desta terça-feira (12), na avenida Pedro Linhares Gomes (trecho urbano da BR-381), em Ipatinga. Uma VW Parati, com placas de Santana do Paraíso, capotou após ser atingida na lateral traseira por um caminhão. Dos ocupantes do carro, três pessoas saíram feridas e outras duas sem ferimentos.

Geraldo Magela da Rocha, de 60 anos, dirigia a Parati no sentido bairro Horto ao Centro de Ipatinga e, segundo testemunhas, o motorista resolveu mudar de faixa, possivelmente para acessar o posto Faisão, próximo ao Shopping do Vale do Aço. No mesmo sentido trafegava o Mercedes-Benz LS1634, de placas de Ipatinga, puxando uma carreta caçamba, conduzido por José Alves de Lima Filho, de 46 anos.

O motorista do veículo pesado disse ao Diário do Aço que tentou evitar o impacto como automóvel. “Eu estou com 26 toneladas de munha de carvão. Não teve como, só pisei no freio e tentei tirar do carro”, comentou José Alves que não se machucou na colisão e o Mercedes teve danos frontais devido a batida.

Este Mercedes-Benz puxava uma carreta com 26 toneladas de munha de carvão e se envolveu no acidente

Ao ser tocada, a Parati perdeu o controle e capotou sobre o canteiro de acesso ao posto de combustíveis parando ao lado de uma placa de preços do estabelecimento. Duas unidades do SAMU foram acionadas para atender as vítimas feridas no acidente. O Diário do Aço apurou, no local do acidente, que os ocupantes do automóvel voltavam de Belo Horizonte após visitar um parente que se encontra enfermo, na capital.

Três dos cinco ocupantes do automóvel se feriram, mas segundo a médica socorrista, a princípio com ferimentos leves. Eles foram encaminhados para o hospital para uma melhor avaliação. “Eu estava com um terço e não larguei ele. É um livramento de Deus”, dizia uma das passageiras, que estava no carro e saiu sem qualquer ferimento. O motorista da Parati alegando estar abalado, não quis dar entrevista.

O trânsito no local ficou lento, controlado para evitar novos acidentes, por uma equipe do 14º Batalhão da Polícia Militar em apoio aos colegas da Polícia Militar Rodoviária (PRv). A PRv é a responsável pelo registro da ocorrência do acidente. “Nestes trechos, toda a atenção é necessária para evitar acidentes”, alertou o sargento José Willson ao Diário do Aço.


Carro capota próximo ao Shopping do Vale do Aço em Ipatinga


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Zesin

13 de Junho, 2018 | 07:40
São os famosos motoristas de domingo!! não sabem o que é retrovisor nem seta!! ta cheio deles por ai!
Envie o seu Comentário