11/06/2018 10:58:00

Mulher presa por suspeita de tráfico de drogas ilícitas em Fabriciano

Denúncias apontam que acusada estaria gerenciando a “boca” para o marido que estaria fora da região após ameaças de concorrentes



Divulgação Polícia Militar


As porções de drogas foram apreendidas com a suspeita, abordada na companhia de um jovem


A Polícia Militar de Coronel Fabriciano registrou na manhã de domingo (10) a prisão de Janaína Ferreira Silva, de 33 anos, pela suspeita de gerenciar o tráfico de drogas ilícitas a mando do amásio, Ramon Henrique Nunes Araújo, ele que se encontra fora região por estar ameaçado de morte por um grupo rival. Abordada na rua Paquetá, no bairro Giovanini, em poder da mulher foram encontradas porções de drogas.

Os policiais militares estavam monitorando Janaína, pois ela havia se mudado do bairro Nossa Senhora do Carmo, desde a fuga do amásio da cidade, por causa de ameaças de morte. Neste fim de semana, como apurou o Diário do Aço, os PMs foram informados que um rapaz iria trazer drogas para a mulher, a mando do marido dela.

Como a “boca” estava manjada no Morro do Carmo, os contatos pessoais eram feitos no endereço novo da suspeita. Na manhã de domingo, os policiais foram informados da possibilidade de drogas com ela e prepararam para abordá-la. Assim que Janaína saiu em um Chevrolet Astra, em companhia de Matheus Rodrigues de Paula Ferreira, de 20 anos, aconteceu a abordagem.

Ao ser verificada a bolsa de Janaína, foram localizadas uma pedra grande crack, que daria para transformar entre 80 a 100 pedrinhas, mais 10 porções prontas da mesma droga, um papel dobrado com cocaína, uma caixa com lâminas de barbear com resíduos de crack. Os policiais foram até o apartamento dela e encontraram várias sacolinhas plásticas usadas para embalar entorpecentes.

Um outro detalhe verificado pelos PMs é um caderno apreendido, com a contabilidade do tráfico. Várias anotações de nomes e valores nas folhas. Com a descoberta do material, Janaína e Matheus foram presos e conduzidos para a delegacia de Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. O Astra foi removido ao pátio credenciado. A mulher, ainda segundo a PM, tem vários registros policiais.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Sabonete

12 de Junho, 2018 | 07:37
SENHOR OU SENHORA CIDADÃ....ACHO QUE VOCÊS FEZ UM COMENTÁRIO NA REPORTAGEM ERRADA...QUEM FALOU EM PÓLICA CORRUPTA....?? QUEM COMENTOU ALGUMA COISA SOBRE ASSALTO..??? QUEM MENCIONOU CRIME ORGANIZADO....??? AI QUE BURRA...DA ZERO PARA ELA...!!

Cidadã

12 de Junho, 2018 | 01:10
Não existe crime organizado ou quadrilha especializada! Existem é bandidos ajudados por policiais ou por cumprisses infiltrado nos alvos a serem assaltados!!! Ordens de dentro de cadeias? Troca de diretores e carcereiros e verão q se calam! O Brasil não melhora por que não querem, assim da mais lucro p eles!!!

Cidadao

11 de Junho, 2018 | 17:05
A casa esta caindo p o trafico em Cel. Fabriciano! Os bondes só estao levando p a estaçao 58° Batalhao da PM da cidade! Os manos tem 2 opçoes: andar na linha ou descer na estaçao 58°!
Envie o seu Comentário