18/05/2018 16:48:00

Acidente na avenida Londrina deixa motociclista em estado grave

Testemunhas disseram que motorista deu partida em Honda Fit e fechou a passagem de motociclista ao tentar entrar em um contorno



Tiago Araújo


O acidente ocorreu na avenida Londrina, no bairro Veneza II, em Ipatinga.
Com atualização às 18h20

Na tarde desta sexta-feira (18), o motociclista Geovani Roberto Bicalho, com 36 anos, feriu-se gravemente após colidir com um Honda Fit, na avenida Londrina, no bairro Veneza II, em Ipatinga.

De acordo com as testemunhas, o motociclista transitava pela avenida (sentido Centro) quando o motorista do Honda Fit, Sebastião Soares de Oliveira, de 76 anos, que estava estacionado próximo ao local, decidiu arrancar de maneira brusca e virou o carro para a esquerda, com o objetivo de alcançar um retorno.

Nesse movimento, o motorista não viu Geovani e fechou o motociclista, que não conseguiu frear a tempo seu veículo e colidiu com o Honda Fit.

O SAMU foi acionado, prestou os primeiros socorros no local do acidente e encaminhou a vítima inconsciente para o Hospital Márcio Cunha (HMC), em Ipatinga. Na carona do Honda Fit estava Terezinha Rosa de Oliveira, de 69 anos, mas não se feriu. Já Sebastião teve apenas um corte na mão esquerda.
MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Juscineia Silva Gonçalves

20 de Maio, 2018 | 20:51
Eu estava no momento do acidente,lamentável o falecimento do motociclista e triste também com a ignorância do pm os que estavam lá detestou a forma dele de falar com o povo achei a atitude dele muito estúpida e um pouco sem educação pra falar.

Guto F. Vaz

18 de Maio, 2018 | 23:12
De acordo com os relatos das testemunhas, o acidente ocorreu por uma distração do motorista ao fazer a manobra. Não estou aqui para julgar ninguém, só peço que as pessoas tenham mais atenção, motoristas costumam entrar nas vias sem sinalizar adequadamente, muitas vezes na hora de convergir vão reduzindo e praticamente no instante de virar que ligam a seta, a gente vê isso acontecendo o tempo todo no trânsito de Ipatinga, outra situação comum por aqui, antes ressalvo que não é o caso desse motociclista pois ele foi totalmente vitima nesse acidente (mais uma vez considerando a versão de quem presenciou tudo), mas o que se vê são muitos motociclistas andando loucamente entre os carros inventando pista onde não tem, e agora para piorar o trânsito já caótico, surgiram bicicletas motorizadas pra todo lado andando na contra mão numa velocidade acelerada colocando em risco a vida de pedestres e dos próprios condutores, enfim, qualquer distração no trânsito pode ocasionar esse tipo de acidente. Peço a Deus que cuide da saúde desse rapaz, que ele tenha uma recuperação plena para que possa voltar ao convívio de seus familiares no aconchego do seu lar e voltando a exercer as suas tarefas. Ao motorista espero que possa refletir sobre sua condição de assumir uma direção, se tem bons reflexos e principalmente boa visão para tal.

Weverton

18 de Maio, 2018 | 23:04
Agora eu quero ver falarem que a culpa é do motoqueiro, pois motoqueiro sempre é visto como errado, mas a maioria dos acidente são por desatenção dos motoristas que fazem cagada no trânsito, falam ao celular, faz conversão sem da seta, ou da seta muito encima do cruzamento, e ainda acham ruim quando ganham uma buzinada, mas um sofrimento causado pela imprudência, lamentável
Envie o seu Comentário