15/05/2018 22:30:00

Empreendedor imobiliário arremata triplex atribuído a Lula

Empresário diz que arrematou tríplex atribuído a Lula porque viu boa oportunidade e simbolismo




Triplex no Edifício Solaris, na praia de Astúrias, São Paulo

O empresário Fernando Costa Gontijo arrematou o tríplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por R$ 2,2 milhões por considerar o preço adequado e avaliar que o simbolismo pode agregar valor ao imóvel. Gontijo afirma que trabalha há 38 anos com imóveis em Brasília, e tem mais de dez empresas no ramo.

Nega ter ligações políticas e diz que viu uma boa oportunidade no apartamento do edifício Solaris, em Guarujá (SP), que fica em frente à praia de Astúrias.

Ele diz que ainda não decidiu o que pretende fazer com o tríplex. Vai aguardar a homologação da compra, a carta de arrematação e então vai definir a estratégia de projeto para o imóvel.

Conforme o site "Diário do Centro do Mundo", o mineiro Fernando Costa Gontijo é sócio de José Augusto Rangel de Alckmin em um empreendimento imobiliário. José Augusto é advogado do PSDB e primo do candidato tucano à Presidência da República, Geraldo Alckmin. "Discreto, não aparece em fotos, nem de festa de aniversário", relata o DCM.

O imóvel

O triplex do condomínio Solaris, de acordo com o anúncio, tem 215 m² de área privativa, quatro dormitórios (sendo duas suítes), sala com varanda, piscina, churrasqueira e duas vagas de garagem.
Um elevador integra os três andares, mas não é possível verificar o funcionamento porque a luz da unidade não está ligada, informa o laudo de avaliação.

Segundo a administração do condomínio, recaem sobre o imóvel débitos de cerca de R$ 47 mil, que deverão ser pagos pelo arrematante.

Na ação apresentada pelo Ministério Público Federal, Lula foi acusado de receber o apartamento como propina da empreiteira OAS em decorrência de contratos da empresa com a Petrobras.

Por causa desse negócio o ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão. Ele nega todas as acusações.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Hermelindo Santos

16 de Maio, 2018 | 11:32
Se o triplex segundo o juiz Sérgio Moro pertence ao ex presidente Lula como eles podem vender? A uma coisa errada nisso.
O dinheiro vai pra quem???
Envie o seu Comentário