13/03/2018 15:21:00

Segunda fase



Divulgação

Encerrada a primeira fase do Campeonato Mineiro da 1ª Divisão, os clubes agora se preparam para as quartas de final, onde, em jogo único, as oito equipes classificadas vão se enfrentar conforme o regulamento.
O Cruzeiro terminou a fase absoluto, em primeiro lugar e com muita folga, e é o mais sério candidato ao título da temporada, pelo futebol que tem apresentado e pela qualidade do elenco.

O Cruzeiro recebe a Patrocinense, o América recebe o Boa Esporte, o Atlético enfrenta a URT, e o Tupi em Juiz de Fora enfrenta a Tombense.
Caso os jogos terminem empatados, a decisão será nos pênaltis. Acredito que Cruzeiro, Atlético, América e Tupi farão as semifinais do campeonato, e também que o Cruzeiro estará na final da competição, principalmente pelos confrontos que terá. Afinal, passando pela Patrocinense o time celeste vai enfrentar o vencedor de Tupi e Tombense.

MÓDULO II
O Ipatinga foi derrotado no fim de semana, e vai precisar do apoio total de sua torcida para o jogo de hoje, contra o América de Teófilo Otoni, no Ipatingão, pois só a vitória interessa, se a equipe quiser continuar sonhando com o acesso à elite do futebol mineiro.

O time não se apresentou bem sábado, em Juiz de Fora, onde foi envolvido pelo adversário. A defesa não está acertando a saída de bola e ainda está deficiente na marcação, e esta foi a tônica que levou o time a tomar o gol que sacramentou a sua derrota.

O Tigre está na 6ª colocação, com sete pontos ganhos, o mesmo número de pontos do seu adversário de hoje, mas uma vitória pode colocar o time em uma boa condição. Só precisa se acertar na defesa, fazer uma marcação mais coerente, mais forte, para que o adversário não possa sair jogando, fazer pressão desde o início da partida. Assim o time pode construir a vitória, com a torcida dando apoio ao time e também à comissão técnica, para somar mais três pontos e continuar sonhando com o acesso.

VIÚVAS DE TREINADOR
Todas as vezes que o Ipatinga tem um resultado adverso, logo aparecem pessoas querendo desestabilizar o que está sendo feito, abrindo campanha para a troca do treinador. O torcedor precisa entender que, nesta divisão do campeonato, muitas equipes se prepararam muito bem, na tentativa de buscar uma vaga na elite, e não tem partida fácil na competição.

Portanto, vamos deixar a comissão técnica trabalhar e dar apoio, para que eles possam levar o time do Ipatinga a primeira divisão do Campeonato Mineiro. Parem de trazer à tona nomes de treinadores que já passaram pelo clube, acreditando que eles irão fazer milagres.

SELEÇÃO BRASILEIRA
Parece que o treinador Tite gosta de brincar com o torcedor brasileiro, querendo dar alguma justificativa, para que ninguém fique questionando sobre os jogadores que estarão na Rússia. Primeiro que ele não tem coragem de convocar os dois melhores goleiros no Brasil atualmente, Fábio e Victor, podendo completar o trio com Ederson, do Manchester City, pois assim faria justiça.

Depois ele é ousado ao contrário, claro, e convoca Rodrigo Caio, do São Paulo, para ficar dando esperanças ao jogador, ou apenas para constar no currículo.

Mas o pior ainda estava por vir, pois ele convocou Anderson Talisca e William José, o que é brincar com o torcedor brasileiro, que criou muita expectativa com a seleção que se classificou com folga para a Copa do Mundo, mas que agora esbarra em convocações que não fazem nenhum sentido no futebol, sem contar outros jogadores que ele já convocou e não justificou, pois não tem sentido convocar jogadores por estarem na Europa, e que se estivessem jogando no Brasil nunca seriam lembrados.

LEMBRANÇAS
Toninho Malta iniciou sua vida esportiva no Grêmio da Laminação da Usiminas (GELQ), depois passou pelo Jabaquara durante oito anos, em vários cargos, conquistando títulos pelo clube. Ajudou a implantar a iluminação no Estádio Afonso Favarato, e em 1991 transferiu-se como diretor para a Usipa, sendo responsável por representar o clube na LDI e também nos assuntos da Federação Mineira de Futebol.

Em 1994, realizou uma competição no clube envolvendo Bahia, Usipa, Ideal e Jabaquara, e em 1995 conseguiu trazer para a cidade uma fase da Taça BH de Juniores, sendo que, após esta competição, a Usipa começou a participar do campeonato mineiro Juvenil e Infantil. Viabilizou a participação da Usipa no Torneio Classista, realizado pela liga de Betim, em 1997, onde a Usipa conquistou o título da temporada.

roberto50mg@hotmail.com. WhatsApp – 97152-3591.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário