12/03/2018 10:16:00

Conheça o método que já ajudou mais de 30 milhões de pessoas a pararem de fumar

O cigarro é responsável por 1 em cada 10 mortes no mundo



Divulgação


As pessoas sabem e sempre souberam que viveriam melhor caso não fumassem

O tabagismo é um dos principais vícios que assola a população mundial. O cigarro é responsável por 1 em cada 10 mortes no mundo, e estimasse que somente no século 21 possa matar mais de 1 bilhão de pessoas.

Para ajudar as pessoas a combaterem essa dependência, Allen Carr desenvolveu O Método Fácil de Parar de Fumar, no qual se dedicou até o restante da sua vida a ajudar outras pessoas a largarem o cigarro, assim como ele abandonou um dia. Por meio desse método, Carr fundou uma rede de clínicas, que hoje, estão espalhadas por cerca de 50 países, e publicou um livro que se tornou best-seller mundial, vendendo mais de 16 milhões de exemplares.

Com o Método Fácil de Parar de Fumar, o autor já ajudou mais de 30 milhões de ex-fumantes a largarem o tabaco, incluindo grandes celebridades, como os atores Anthony Hopkins e Ashton Kutcher. Agora a obra chega ao Brasil pelo selo Bazar Editorial.

Confira 10 dicas do programa mais bem sucedido do mundo para quem deseja abandonar o cigarro:

1 – Não tenha medo do fracasso:
Não há vergonha nenhuma em fracassar, mas pensar em não tentar parar de fumar é pura estupidez. O pior que pode acontecer quando as pessoas tentam parar de fumar, é não conseguirem. Deixando-as na mesma situação na qual se encontram, não há o que perder.

2 – Não tenha medo de entrar em pânico ou de se sentir infeliz:
Não existe a necessidade das pessoas se preocuparem com o que pode ocorrer caso não fumem. A única preocupação tem que ser com as consequências que acarretarão caso caiam na tentação de fumar. O pânico causado pelos cigarros logo irá desaparecer.

3 – Mantenha sua promessa até o fim:
“Faça um voto solene de que jamais, em nenhum momento, você vai fumar, mastigar ou ingerir algo que contenha nicotina e mantenha-se fiel ao seu voto”.

4- Não há absolutamente nada do que abrir mão:
As pessoas sabem e sempre souberam que viveriam melhor caso não fumassem. Afinal, não existe motivos racionais para fumar, o cigarro só proporcionará a falsa sensação de algum tipo de apoio ou prazer, caso contrário as pessoas não fumariam. Porém não há prazer nem apoio verdadeiro no tabagismo, e elas não irão abrir mão de algo substancial em suas vidas ao pararem de fumar.

5- Não existe fumante inveterado:
O fumante é apenas um entre as milhares de pessoas que caíram na armadilha sutil do tabagismo. Assim como também há milhões de outros ex-fumantes que pensaram que jamais abandonariam o vício. Mas sim, é possível parar de fumar.

6- Pese os prós e contras do cigarro:
Se as pessoas, em algum momento de suas vidas, pesassem os prós e os contras do cigarro, a conclusão seria sempre a mesma: “Pare de fumar”. Nada pode mudar esse fato. Depois que um fumante toma a decisão, a qual sabe ser correta, não há mais necessidade em se torturar duvidando disso.

7 – Não se preocupe em pensar no cigarro:
Não se preocupe em tentar não pensar em fumar, e nem se preocupe com o fato de pensar no cigarro a todo momento. Porém, sempre que pensar nele – hoje, amanhã ou pelo resto da vida, comemore: “VIVA! SOU UM NÃO FUMANTE”.

8- Não mude por conta do tabagismo:
- Não use nenhum tipo de substituto.
- Não guarde cigarros.
- Não evite contato com os fumantes.
- Não mude seu estilo de vida somente porque parou de fumar.

9 – Não caia em contradição:
As pessoas precisam ter certeza daquilo que estão se propondo a fazer. Não adianta afirmarem que não querem ser fumantes, mas cinco minutos desejam fumar. Isso só trará a contradição e será totalmente prejudicial nesse processo. Quando alguém deseja um cigarro, automaticamente está afirmando que deseja ser um fumante. As pessoas conhecem seus verdadeiros desejos, não há necessidade da autopunição.

10 – Não fique ansioso em se tornar um ex-fumante:
Não há necessidade das pessoas esperarem ansiosas o dia ao qual finalmente se tornarão ex-fumantes. Elas apenas precisão seguir em frente com a vida, desfrutar dos altos e aprender a administrar os baixos. Esse momento não tarda à chegar, e as pessoas descobrirão isso quando menos se espera.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Reação dos Leitores





Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário