11/03/2018 10:00:00

''Nem Zilica'' preso por passar dinheiro falso em Ipatinga

Suspeito de integrar quadrilha de roubo de cargas estava em companhia da companheira repassando cédulas falsas no comércio



Enviada para o WhatsApp Portal Diário do Aço


Lourival "Nem Zilica" e Jeisilândia foram presos após compras com cédulas falsificadas

Lourival de Castro Silva, de 46 anos, e a companheira dele, Jeisilândia Gonçalves Roque, de 22 anos, foram presos no fim da tarde de sábado (10). Os dois são acusados de repassar dinheiro falso no comércio de Ipatinga. Lourival, mais conhecido como “Nem Zilica”, é investigado por integrar uma quadrilha especializada em roubar cargas nas rodovias da região. Ele respondia em liberdade ao inquérito que apura as acusações.

O Diário do Aço confirmou com a Polícia Militar que os fatos ocorreram no período da tarde, na avenida Minas Gerais, no bairro Canaã. Nem Zilica chegou em uma distribuidora e comprou cinco latas de cerveja. Ele pagou com uma cédula de R$ 100 e pegou R$ 85 de troco. A vítima só percebeu que o dinheiro era falso após a saída do “cliente”.

Os funcionários verificaram as filmagens e viram que o autor chegou em um VW Fox de cor prata e, em seu interior, estava uma jovem mulher. Com as informações, os policiais militares conseguiram abordar Lourival e depois Jeisilândia, que se encontrava em uma casa lotérica. O carro do casal foi encontrado e, em seu interior, foram apreendidas 18 cédulas de R$ 100 com indícios de falsificação.

Além do dinheiro falsificado, no carro foram encontrados R$ 230, possivelmente de troco das vítimas, localizadas as cervejas compradas na distribuidora e ainda um vaso de flor adquirido em uma floricultura. Os policiais foram até a este outro estabelecimento e confirmaram que o casal entrou no local e comprou uma violeta pagando com R$ 100, recebendo o troco de R$ 90.

Divulgação Polícia Militar


A cerveja comprada com as notas de R$ 100 falsificadas e outros materiais apreendidos com os suspeitos
Os policiais também encontraram no bolso de Lourival “Nem Zilica” mais uma cédula de R$ 100 falsificada e na residência de Jeisilândia, na rua Castro Alves, no bairro Cidade Nova, em Santana do Paraíso, mais R$ 66,55 em moedas. O VW Fox, placas ORC-0226, foi removido ao pátio credenciado do Detran e o casal conduzido para ser autuado em flagrante na Delegacia de Polícia Federal, em Governador Valadares.

Nem Zilica foi alvo em dois trabalhos da polícia nos últimos anos. Em janeiro de 2017, em uma operação conjunta das Polícias Civil e Rodoviária Federal, ele foi preso no bairro Bethânia, em Ipatinga. Lourival era um dos alvos das investigações comandadas pelo delegado Augusto Drumond, em Timóteo, por suspeita de liderar uma quadrilha que atacava ônibus e caminhões ao longo da BR-381 e BR-262, entre o Vale do Aço e Belo Horizonte.

Outra prisão de Nem Zilica

Antes da operação conjunta, em 2017, Lourival já havia sido preso na companhia de outra pessoa acusada de participar em um assalto a ônibus da empresa Lopes, entre Antônio Dias e Jaguaraçu, na BR-381. O crime aconteceu na véspera do Natal de 2016, quando os passageiros tiveram seus bens roubados e alguns foram agredidos.

Outros membros da quadrilha também já foram presos, como Joaquim de Paula Santos, de 34 anos, apanhado em um cerco policial em um posto de combustíveis em Antônio Dias, na BR-381.

Ele e outra pessoa foram presos acusados de esconder um caminhão, com mercadorias de supermercado, tomado em assalto. O veículo foi encontrado em um galpão no bairro Giovanini, em Coronel Fabriciano, no dia 24 de janeiro deste ano.


''Nem Zilica'' preso por passar dinheiro falso em Ipatinga


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Wili

14 de Março, 2018 | 20:21
Esse cara esta acima da lei. Foi preso outras vezes e com certeza ja deve estar solto!? Ele jamais será punido, ou seja, tem autorização pra ser bandido, imunidade, pois, comete crimes e fica solto. A sociedade esta errada? E ele corretíssimo?

Sabonete

12 de Março, 2018 | 08:49
VAMOS VER ATÉ QUANDO ESSE BANDIDO IRA FICAR PRESO....??...FAÇAM SUAS APOSTAS....!!

Filho da Puta

11 de Março, 2018 | 14:46
Como um desgraçado desse ainda tá solto? Só no Brasil mesmo. Bagando polícias para fazer papel de bobo.
Envie o seu Comentário