21/02/2018 10:19:00

Morre mulher vítima de atentado a tiros no Motel Fazendão em Ipatinga

Polícia acredita que Denise Sousa foi atingida por estar na companhia de homem que tem dívida de R$ 9 mil com traficante de drogas



Hospitalizada em estado grave com um tiro na cabeça desde a tarde do dia 16 de fevereiro, quando foi alvejada por uma dupla em uma motocicleta, Denise Sousa da Silva, de 29 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta quarta-feira (21). Conforme conhecidos da vítima, Denise já apresentava morte cerebral no começo da semana.

No dia do crime, praticado na rua Serra Geral, bairro Jardim Panorama, em Ipatinga, também foi alvejado pelos tiros Mário Célio de Almeida, de 32 anos, que sobreviveu com ferimentos em pontos não vitais. A motivação do crime seria uma dívida de drogas, conforme já divulgou o Diário do Aço. A polícia acredita que o alvo dos atiradores era Mário Célio e Denise foi atingida por estar perto dele.

Ainda no dia 16 a Polícia Militar localizou, na rua Gaturano, no bairro Vila Celeste, o suspeito de ser o mandante do atendado, que agora resultou em morte.

Mário Célio conversou com os policias e apontou que tem uma dívida de R$ 9 mil com Roberto Gomes do Amaral, de 43 anos. Conhecido como Zé do Beto, este suspeito estaria ameaçando a vítima devido o débito relativo ao comércio de drogas ilícitas. Zé do Beto, que nega o crime, foi localizado e detido por policiais.

Wôlmer Ezequiel + reprodução

Denise Sousa, 29 anos, ficou quatro dias internada, não resistiu a tiro na cabeça e morreu




Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Luz Alva Silva

23 de Fevereiro, 2018 | 10:47
A misericórdia é para todos.Jair Messias amei sua poesia ,muito linda

Mad Max

22 de Fevereiro, 2018 | 07:24
"Galinha que acompanha pato morre afogada", mais uma mulher de malandro que vai encontrar com o capeta.

Deborah Santos

21 de Fevereiro, 2018 | 22:50
Essa cara de noiada, indica que ela não é tão inocente nessa história.

Valdeni do Amparo Silva

21 de Fevereiro, 2018 | 22:13
O famoso ditado; quem mistura com porco come farelo tambem. Isso acontece quando nao cai na real

Curto e Franco

21 de Fevereiro, 2018 | 16:20
sem duvidas essa infeliz estaria devendo drogas tambem ,com traficante nao se brinca , mais essa juventude nao acredita nisso.

Jair Messias

21 de Fevereiro, 2018 | 11:15
Eu comparo a vida do homem sem Deus
Como uma folha seca caída no chão
Que vai para onde o vento levar
Tudo é tristeza, tudo é solidão
Seu viver é triste, tão cheio de dor
Seus dias turbados, sem consolação
Assim é a vida do homem sem Deus
É uma folha seca caída no chão
Pobre miserável só pensa em pecar

Diego Silva

21 de Fevereiro, 2018 | 11:10
Pássaro que acompanha morcego, dorme de cabeça pra baixo. Tá aí o resultado de ter caso amoroso com bandidos.

Lucia Paiva

21 de Fevereiro, 2018 | 11:09
Mulher que se relaciona com marginal, não pode ter outro fim.
Envie o seu Comentário