10/02/2018 10:40:00

Carnaval potencializa o consumo em todo o Brasil

De acordo com o estudo, 48% dos brasileiros devem realizar alguma compra ou contratação de serviços para aproveitar os dias de feriado



Agência Brasil


Estudo aponta que bebidas, comidas e protetor solar devem ser os produtos mais consumidos no Carnaval

Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) aponta que o Carnaval deve mobilizar mais de 72 milhões de consumidores em todas as capitais do país. De acordo com o estudo, 48% dos brasileiros devem realizar alguma compra ou contratação de serviços para aproveitar os dias de feriado. Os que não devem consumir produtos relacionados ao Carnaval somam 27% dos entrevistados, enquanto 25% mostram-se indecisos.

Por ser um dos feriados mais extensos do calendário, o Carnaval é uma data em que muitas pessoas decidem viajar para aproveitar a folia longe de casa, ou mesmo o descanso em cidades paradisíacas. De acordo com o levantamento, 32% dos entrevistados devem viajar a lazer na data, 27% pretendem viajar para a casa de parentes e amigos, enquanto 20% devem participar de eventos na própria cidade onde moram. Os que vão descansar em retiros espirituais somam 4% da amostra. Os locais de hospedagem mais comuns devem ser a casa de familiares e amigos (46%), hotéis e pousadas (23%) e apartamentos, sítios ou casas alugadas (14%).

Quatro em cada dez (40%) entrevistados planejam gastar menos, enquanto 32% vão desembolsar a mesma quantia que em 2017. Os que pretendem aumentar os gastos somam 21% da amostra. No total, o gasto médio do consumidor brasileiro com os dias de folia deve ser de aproximadamente R$ 847,35.

O consumo de bebidas, como cerveja (57%), refrigerantes (52%) e água (52%), além de lanches (51%) e protetor solar (43%) serão os produtos mais consumidos no Carnaval deste ano. Considerando os serviços, os mais procurados devem ser os de bares e restaurantes (50%), taxis ou serviços de transporte por aplicativos (31%), passagens aéreas (24%) e hospedagens em hotéis e pousadas (23%).

Para o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, o feriado terá um movimento positivo para o comércio. “Muitas pessoas optam por passar o carnaval em sítios ou mesmo em casa, mas sempre com alguma comemoração. Por isso, especialmente os supermercados terão uma boa movimentação no feriado. O estudo do SPC e CNDL estima que 66% dos consumidores devem frequentar algum desses estabelecimentos”, pontua Cláudio.

Funcionamento do comércio em Ipatinga
O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga, alerta que, nesse feriado, os estabelecimentos comerciais terão funcionamento diferenciado em Ipatinga. O comércio que cumpriu o Horário Especial de Natal 2017 não funcionará entre segunda-feira (12) a quarta-feira (14). O fechamento do comércio na quarta-feira será somente para a compensação do Horário Especial de Natal 2017, os estabelecimentos que não participaram do horário estendido podem abrir na Quarta-feira de Cinzas. Somente o setor de supermercados e as lojas do Shopping funcionarão normalmente, exceto na segunda-feira, data de comemoração do Dia do Comerciário.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário