09/02/2018 17:00:00

Galo demite técnico

Confusão com repórter da Inconfidência foi a gota d'água



Divulgação

PÉSSIMO
Parece que o Atlético ainda não tinha entendido que o ano já começou, pois não é possível acreditar que este será mesmo o time que irá disputar o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a Sul-Americana nesta temporada.

O treinador Osvaldo Oliveira não conseguia dar o mínimo de estrutura para a equipe, vinha “queimando” o volante Adilson, não mudava o ritmo da equipe na partida e fazia substituições que não mudavam em nada a forma de jogar. Ele nem ousava no esquema tático, não interferia na instabilidade da defesa, principalmente o ala Samuel Xavier, que tem sido o maior ponto fraco da equipe, sem contar Léo Silva e Gabriel, que não se entendem.

Ele não colocou o Iago Maidana para jogar, por receio ou falta de coragem em mexer nas “estrelas” do elenco, que não conseguem vencer nem no campeonato estadual e não pode pensar em ser campeão da Copa do Brasil.

Por estas e muitas outras razões, incluindo a confusão com um repórter de uma emissora de rádio da capital mineira, Osvaldo Oliveira acabou demitido do Atlético na manhã de ontem. Acredito que, mesmo com um técnico novo, e não importa quem seja, se o time continuar neste ritmo, ganhar um título mais uma vez será um sonho que passará bem longe da cidade do Galo.

A atual diretoria do Atlético adotou o mesmo sistema da diretoria passada, contrata jogadores sem nenhuma qualidade para defender o Galo. Contrataram Samuel Xavier, um jogador limitado, que não deu resultados. O time também trouxe de volta o lateral Patric, que deveria ter sido descartado o ano passado, negociado com o Sport, onde foi bem recebido.

É difícil entender uma diretoria que adora manter jogadores ruins no elenco e não consegue negociá-los na temporada. Agora é esperar quem virá treinar o time, torcendo para que o time se acerte e volte a dar alegrias aos torcedores.

LOUCURA
Muitos clubes têm procurado jogadores para recompor suas equipes para a temporada, que será desgastante em razão de várias competições a serem disputadas e também por causa da Copa do Mundo na Rússia.

No Brasil, as trocas estão sendo feitas e muitas têm causado revolta, pois jogadores considerados apaixonados pelo clube que defendiam trocaram de camisa no mesmo estado, indo para equipes rivais, o que tem provocado a ira de muitos torcedores.

Mas um clube no Brasil – o Sport - parece estar agindo fora do contexto na questão de valorizar seus jogadores. O atacante André interessou ao Grêmio, que fez uma proposta ao clube nordestino. Além de recusar a proposta, o Sport pediu a incrível soma de 15 milhões de euros pelo atleta, totalmente fora da realidade de um clube brasileiro e de qualquer jogador que venha a ser negociado no Brasil.

ÁRBITRO DE VÍDEO
Alguns clubes brasileiros não chegaram a um acordo com a CBF para a utilização da arbitragem de vídeo nos jogos do Campeonato Brasileiro, e um dos motivos foi o alto preço da instalação dos equipamentos, cujo valor estava próximo de 50 mil reais por partida, o que tornaria inviável a manutenção dos custos pelas agremiações, conforme deseja a Confederação Brasileira de Futebol.

A poderosa entidade máxima do nosso futebol alega que não pode custear o sistema, pois não teria recursos para mais esta medida, visando diminuir os riscos dos árbitros brasileiros.

O que os clubes questionaram é que, no Brasil, o custo seria 10 vezes mais caro do que o sistema instalado na Europa. Para se ter uma ideia, em Portugal o custo é de R$ 5.000 por partida, uma diferença alarmante para os padrões brasileiros. Com isto, a medida ainda não será adotada no Campeonato Brasileiro.

COPA DO MUNDO
O treinador da seleção brasileira já começou a fazer média com alguns jogadores do exterior, e mandou os seus auxiliares fazerem algumas observações pelo futebol da Ásia e Europa, dando esperanças a muitos dos quais não se tem mais notícias aqui no Brasil.

Com isto, alguns já começaram a dar declarações na expectativa de virem a ser convocados pelo treinador. Mas nada é definitivo ainda, pois acredito que o treinador Tite já definiu o seu elenco e só vai aguardar a data certa para fazer a convocação definitiva da equipe que irá à Copa do Mundo da Rússia tentar o sexto título mundial.

Para ser sincero, não acredito muito no potencial desta seleção. Por outro lado, acho que podemos ter um pouquinho de esperança, pois ainda não vi nenhuma seleção se destacando no futebol mundial. Nem a temível seleção Alemã, que foi muito renovada, nem a Inglaterra, sempre candidata em qualquer mundial.

Este ano a Espanha parece longe de ser uma seleção a ser temida, Portugal também não tem condições de disputar o título, e com isto o Brasil pode ser beneficiado, pela qualidade de alguns jogadores. Mas reafirmo que ainda a acho muito longe do ponto ideal para ser uma candidata séria ao título desta Copa do Mundo, mesmo sendo tudo possível em uma competição que oferece muitas surpresas de quatro em quatro anos.

LEMBRANÇAS
O União Esporte Clube, no ano de 1946, considerado o primeiro clube de futebol de Ipatinga. A equipe tinha Antônio Madalena, Geraldinho Gingilim, Zeza Souto, Diógenes, Raimundão, Walter, Américo, Raimundinho, Alípio, Ivo Bandeira e Joaquim Guarda.
Fonte: historiador José Augusto Moraes.

roberto50mg@hotmail.com.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário