28/01/2018 09:43:00

História: uma tragédia no espaço

Acidente há 15 amos matou tripulação da Columbia



Divulgação/Arquivo


Em sua última missão, a STS-107, o ônibus espacial Columbia teve fim trágico em 1º de fevereiro de 2003
O Columbia foi o primeiro ônibus espacial construído pelos Estados Unidos, baseado no protótipo Enterprise. E foi o primeiro de uma série de cinco naves espaciais reaproveitáveis.

Esta nova forma de viajar ao espaço foi uma tentativa de transformar os voos espaciais em lançamentos rotineiros e economicamente mais viáveis.

Quando o Columbia foi lançado, em 12 de abril de 1981, a previsão era que os primeiros modelos fariam até 100 voos e haveria uma média de 24 lançamentos por ano.

Divulgação/Arquivo


O sete integrantes da população da Columbia morreram
No dia 1º de fevereiro de 2003, durante o regresso da sua 28ª missão, o Columbia desapareceu dos radares quando sobrevoava, a grande altitude, o Estado do Texas.

Um pedaço de espuma que se soltara durante a decolagem danificou a proteção de cerâmica da asa esquerda, provocando uma pequena fissura que não foi detectado.

Quando a nave reentrou na atmosfera, o calor causado pela fricção com a atmosfera aumentou o tamanho da fissura, acabando por destruir a asa e consequentemente toda a nave, causando a morte dos sete tripulantes.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Reação dos Leitores





Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário