22/01/2018 07:45:00

Dupla presa após homicídio em Lagoa do Pau

Motivação do crime foi discussão entre os envolvidos por causa de um som alto de um carro



Enviada para o WhatsApp Portal Diário do Aço


Alexandre foi baleado e socorrido com vida, mas não resistiu e morreu

A reclamação de um som alto em um bar pode ter sido a causa de uma discussão que gerou um homicídio na noite de domingo na avenida Principal, em Lagoa do Pau, em Jaguaraçu. Alexandre Augusto Siqueira, de 39 anos, foi atingido a tiros disparados pelo caminhoneiro Marcelo Alves Mizael, de 36 anos, que acabou preso em Caratinga na companhia de Ederval Ferreira Gomes, de 21 anos, o “Zói”.

O Portal Diário do Aço apurou que os envolvidos estavam bebendo no bar da Inhazinha. O som do veículo de Marcelo, que estava acompanhado de Ederval, estava muito alto. Alexandre foi reclamar, pedindo para abaixar o volume ou desligá-lo. Não houve acordo e os três iniciaram uma discussão.

Alexandre foi para casa, mas o desentendimento não parou por aí. Marcelo e Ederval entraram no carro e foram à residência do caminhoneiro, para tirar satisfação com a vítima, como apurou o Portal Diário do Aço.

Alexandre, ao perceber que os dois homens estavam nas proximidades, saiu de casa, falando para a sua namorada: “Tô indo ver se o Marcelo mata mesmo”. Ao descer as escadas, ele foi alvo dos tiros disparados pelo caminhoneiro. Os autores fugiram em seguida pela BR-381 em um Golf de cor preta, veículo pertencente a Marcelo.

Populares socorreram a vítima, encaminhando-a ao Hospital São Camilo, em Timóteo, onde a médica de plantão constatou o óbito. Alexandre foi atingido pelo menos três vezes. Alexandre já havia sido pastor evangélico, mas tinha deixado a Assembleia de Deus há alguns anos. Atualmente ele trabalhava como representante comercial. O sepultamento do corpo de Alexandre está previsto para esta terça-feira em Curvelo.

Abordagem e prisão
O Golf foi parado por policiais militares, em Caratinga, mas os PMs ainda não sabiam do homicídio em Jaguaraçu. O que provocou a suspeição contra a dupla foi o encontro de um cartucho calibre 38 embaixo do banco do motorista. Os policiais continuaram as buscas, localizando o revólver municiado com três cartuchos, entre o banco e a caixa de som.

Os PMs de Caratinga, em contato com a Central de Operações do 14º Batalhão, foram informados do homicídio em Jaguaraçu. Marcelo e Ederval foram presos em flagrante e encaminhados para Timóteo, juntamente com a arma usada no assassinato. O carro foi removido ao pátio credenciado do Detran.



Após discussão, homem é morto na Lagoa do Pau


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Lucia Paiva

26 de Janeiro, 2018 | 12:32
Alguém tem notícias do Jhow? Ele passou por aqui, disse umas m... e sumiu. Será que ele tá acompanhando o desfecho de tudo, ou resolver sumir, arrependido por defender a vítima?

Samuel

26 de Janeiro, 2018 | 01:16
O diabo veio para roubar, matar e destruir, mas Jesus veio pra dar vida e vida em abundância!
- Ele não era mais pastor, pastor cuidar das ovelhas (Ele estava afastado) e quando a pessoa se afasta dos caminhos de Jesus ou quando está fora dos caminhos dEle, o ser humano está sujeito e entregue as mãos do diabo!
- O diabo veio roubou a paz dele, matou a vida dele, e destruiu a família dele. (Os que estão nos caminhos de Jesus, tem vida e vida em abundância)

#Tudo está no controle de Deus, com apenas um sopro Deus acaba com esse planeta chamado terra! Entrega seu caminho ao Senhor, confia nEle e as demais coisas Ele fará!

Lucia Paiva

23 de Janeiro, 2018 | 19:07
Aí defensor Jhow: Tá acompanhando as investigações aí? O que me diz dessa nova revelação de que o seu amigo pastor também estaria armado? Hum? O que tem a dizer a respeito? Quem é o imbecil nessa história?

Luciano

23 de Janeiro, 2018 | 12:32
Impunidade.
Pena de morte já.
Matou tem que morrer tbm.

Lucia Paiva

23 de Janeiro, 2018 | 07:10
Caro Jhow: Você leu a matéria toda? Se não leu, por favor leia! Verá que o que eu disse, é o que está escrito nela. Mas se não sabe ler, entender e interpretar, aí a culpa não é sua. É da escola que você frequentou. Pode ser por isso que pense que todos são imbecis iguais a você. Abraços

Elson

23 de Janeiro, 2018 | 07:06
E a namorada diz que o cara foi conferir se o outro matava mesmo. Pera aí!! Ele era casado e pai de vários filhos, era pastor evangélico e tinha UMA NAMORADA? Que coisa heim? Que bom exemplo ele era para ser pastor. rs

Jhow

23 de Janeiro, 2018 | 05:07
Lendo alguns comentários aqui nada contra, mas que comentário mais desnecessário destá Lúcia Paiva, olha Lúcia sua Imbecil poderia ser o seu marido ou seu filho ou qualquer um ente seu que fosse reclamar por causa de um som que provavelmente deveria estar incomodando, mas não vem ao caos não sei mesmo mas por gentileza RESPEITE A DOR DA FAMÍLIA, pelo que se observa vc não tem Respeito a ninguém lembre se o Respeito e mútuo se ponha em seu lugar e respeite a dor do próximo e que se pode te chamar de próximo não é mesmo ....

Miguelzinho

22 de Janeiro, 2018 | 19:56
isso se chama impunidade.se o cara tivesse a certeza de que a justiça existisse,nao teria acontecido o crime.
saibam que nao existe nenhum valente enquanto existir facas ou um tres oitao,portanto nao duvide de que alguem vai puxar o gatilho,pq aqui no brasil e preso quem vai p debaixo da terra.

Cristã

22 de Janeiro, 2018 | 19:12
Não entendi ! O finado não era casado , pai de 3 filhos ? Então não deveria estar com a esposa ?




Paulo

22 de Janeiro, 2018 | 14:14
Esse Diego Silva é um babaca. Como pode se alegrar com a referida situação. Cuidado camarada com aquilo que você semeia.

Venceslau Mendes de Oliveira da Silva

22 de Janeiro, 2018 | 13:45
Infelizmente era uma amigo meu um pastor da igreja assembléia de Deus não tinha envolvimento com crime pai de 3 teria filho como pode como o mundo está só Deus

Mito2018

22 de Janeiro, 2018 | 11:46
Meus parabens para a Polícia Militar nosso orgulho. Fé em Deus.

Diego Silva

22 de Janeiro, 2018 | 11:42
Pronto! Agora ele sabe que o cara mata mesmo!! kkkk

Elson

22 de Janeiro, 2018 | 11:37
Isso aí! Todo valentão, um dia encontra alguém mais valente que ele.

Luiz Claudio Alves.

22 de Janeiro, 2018 | 09:58
"QUANTO MAIS EU CONHEÇO O SER HUMANO, MAIS EU GOSTO DO MEU CACHORRO."
Eu fico imaginando o que leva uma pessoa a ser assim...covarde,e esses demonios não são os unicos..pra todo lugar que voce for vai encontrar monstros covardes como estes..

Sabonete

22 de Janeiro, 2018 | 09:08
ESSE PROBLEMA COM SOM ALTO EXISTE AQUI EM IPATINGA....NÃO ENTENDO COMO AS AUTORIDADES NÃO TOMAM NENHUMA PROVIDÊNCIA. PRINCIPALMENTE DURANTE AS SEXTAS FEIRAS NO BAIRRO BOM JARDIM....EXISTE UMA COISA CHAMADA TRENZINHO DA ALEGRIA QUE MAIS DEVERIA SE CHAMAR TRENZINHO DA PERTUBAÇÃO.....NÃO SOU CONTRA A CIRCULAÇÃO DO TAL MEIO DE DIVERSÃO.....SÓ NÃO ENTENDO O PORQUE DO SOM TÃO ALTO....MUITO ALTO MESMO.....MESMO ELE ESTANDO PARADO.....E OUTRA COISA ...O PORQUE DE TANTA BUZINAÇÃO....EXISTEM PESSOAS IDOSAS, PESSOAS ACAMADAS, RECÉM NASCIDOS, PESSOAS QUERENDO O MÍNIMO DE DESCANSO APÓS UMA SEMANA INTEIRA DE TRABALHO.....

Lucia Paiva

22 de Janeiro, 2018 | 08:54
É isso que dá! Quis dar uma de valentão para a namorada, e foi conferir se o cara matava mesmo. E o cara matou

Diego Silva

22 de Janeiro, 2018 | 08:53
Então ele foi conferir se o Marcelo matava mesmo! rs

Cristao

22 de Janeiro, 2018 | 08:24
portanto nao temais, porque nada ha´encoberto que nao haja de revelar-se, nem oculto que nao haja de saber-se. mateus;cap 10;26
Envie o seu Comentário