19/01/2018 17:48:00

Sem surpresas



Divulgação

O Campeonato Mineiro iniciou a temporada 2018 sem nenhuma surpresa para o torcedor, e os resultados foram todos de acordo com a qualidade das equipes que venceram seus confrontos. O América passou um sufoco, mas mesmo assim conseguiu vencer o Patrocinense, e ainda mostrou que a diretoria do Atlético fez a coisa certa ao não renovar o contrato do jogador Rafael Moura.

O Tombense jogando dentro de casa, venceu o Vila Nova. O Democrata de Governador Valadares foi derrotado dentro de casa pela Caldense. A URT foi a Uberlândia e venceu a sua partida. No Mineirão, o Cruzeiro conseguiu a vitória, e mesmo os gols saindo no segundo tempo, o time mostrou mais qualidade, condição física e técnica do que o seu adversário.

A parte mais interessante da partida entre Atlético e Boa Esporte foi que, se o técnico Oswaldo Oliveira e a diretoria do Atlético tiverem bom senso, verão que há muito o que fazer na equipe. E terão um motivo para dispensar um grande número de jogadores que não podem fazer parte do elenco para o Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana.

Não é aceitável ter tantos jogadores de qualidade duvidosa fazendo parte do elenco de uma equipe em competições tão importantes, não dá para manter este monte de jogadores que não podem vestir a camisa do Atlético.

Oswaldo Oliveira pediu a manutenção de Carlos e Patric, e diante desta insistência com jogadores limitados, o time não pode pleitear ser campeão novamente em nenhuma competição nesta temporada.

Há muito o que disputar ainda, o campeonato está apenas começando, mas não dá para aceitar estes jogadores em um elenco que foi renovado. E ainda é difícil de entender porque o time titular não foi escalado para iniciar o campeonato, preferindo manter uma equipe reserva para a temporada.

Posso até entender que o Campeonato Mineiro não é referência para nada, é apenas um motivo para acertar a equipe para outras competições mais importantes. Mas o Atlético, há alguns anos, tem entendido que conquistar o Campeonato Mineiro é ponto de honra, e com isto, não consegue nenhum sucesso em competições de maior importância.
 
LIGA ACESITANA
Sem perder tempo, a diretoria da Liga Acesitana de Desportos, comandada pelo presidente José Constantino Coronel, tomou posse e indicou toda a diretoria. E já começa a trabalhar nos bastidores. A LAD abrirá as portas em fevereiro, mas já faz os contatos, busca recursos para ter de volta o futebol amador mais charmoso do Vale do Aço.

Coronel, com larga experiência como jogador e dirigente, vai dar uma reviravolta no futebol amador de Timóteo. E que o poder público entenda que as competições da cidade têm que passar pela entidade que organiza o futebol amador.

E mesmo diante de muitas dificuldades, de muito trabalho que terá para colocar a casa em ordem, o presidente, numa jogada de mestre, trouxe novamente um dos maiores dirigentes da região para a direção técnica da entidade, Osmar João Teixeira “Xangô”, com uma história de sucesso e muito respeito no futebol do Vale do Aço.
 
TOMBENSE
A Tombense já definiu tudo para o jogo contra o Cruzeiro, no Estádio Ipatingão, com ingressos a R$ 60. A expectativa é de estádio cheio, o que eu também acredito.

O torcedor tem protestado nas redes sociais, mas temos que entender que em qualquer show na cidade o valor da entrada ultrapassa e muito este valor, e alguns são shows de qualidade duvidosa, aos quais o mesmo torcedor faz questão de estar presente. Será uma grande oportunidade para o torcedor ver os seus ídolos, que estarão no estádio Ipatingão para mais uma grande partida do time celeste.
 
ESPAÇOS
É difícil entender como o esporte pode perder espaços para a invasão imobiliária que existe neste país. Os campos de várzea praticamente não existem mais. São muito poucos os exemplos, principalmente no interior, e mesmo para outros fins, o esporte não pode ter seu espaço sacrificado para qualquer outra situação.

O Campo do Palmeiras, por exemplo, foi tomado da população local para a construção de uma creche, e ninguém deu outro espaço para a comunidade. Com isto o esporte perde a sua principal função, que é dar oportunidade para os jovens continuarem o seu trabalho e se tornarem cidadãos de bens. E assim, vamos perdendo os nossos espaços.

Há alguns anos atrás, a comunidade do Bairro Bethânia viveu a dificuldade e o risco de perder o seu espaço, mas os dirigentes do clube agiram e se mobilizaram, e o poder público não teve outra opção a não ser deixar que o campo continuasse existindo e a comunidade mantivesse o seu espaço. E com isto o Esporte Clube Bethânia continua a sua caminhada em busca de novos títulos, principalmente na categoria de base, onde sempre foi referência.
 
AMADOR E PROFISSIONAL
Não adianta o futebol amador travar uma luta com o profissional, pois os dois tem uma parceria de convivência saudável. É do futebol amador que o garoto sai para o profissionalismo, e o futebol profissional traz um resultado muito positivo para a cidade onde se faz presente.

Todos nós temos que torcer para que a nossa cidade tenha um clube na elite do futebol mineiro, como aconteceu no passado com o Ipatinga e na região com o Social, que já estiveram presentes na elite e trouxeram grandes jogos para a região. O exemplo maior está sendo a Tombense, que resolveu trazer o seu jogo para a cidade de Ipatinga e trará grandes benefícios para o município. Portanto, as duas situações são muito importantes para o nosso esporte.
 
LEMBRANÇAS
Falar em história da LDI e não falar de João Elias Inácio é esquecer que o sucesso de hoje é o resultado do que ele plantou em sua administração na década de 80. Que este presidente seja sempre lembrado por todos os desportistas da cidade.
 
roberto50mg@hotmail.com.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário