14/01/2018 08:00:00

Venda de material escolar movimenta comércio em Ipatinga

Gerente de uma loja do Centro de Ipatinga, Denise Moreira informa que, para atrair mais clientes, são adotadas algumas estratégias de venda, com o intuito de aproveitar essa época do ano



Reprodução: Tv Cultura


A procura por material escolar já começa a movimentar o comércio de Ipatinga
A um mês do início do ano letivo, programado para começar em fevereiro, a procura por material escolar já começa a movimentar o comércio de Ipatinga.

A cabeleireira Gislaine Amorim foi comprar material escolar para a filha e sobrinha e ficou satisfeita com os preços. “A minha sobrinha falou que estão ótimos os materiais. Diz ela que tem um estojo que amou e que custa menos de R$ 10. Conforme que estou vendo aqui, está nessa faixa de preço mesmo”, resume.

Para a dona de casa Sirléia Soares, a melhor época para as compras é agora, porque é possível encontrar preços mais em conta e uma maior variedade de mercadorias nas livrarias. “Desse jeito, consigo aproveitar o preço e não pegar a loja muito cheia, como costuma ficar daqui umas semanas. Estou em busca de material para meus sobrinhos, que são de Belo Horizonte. Já até fiz as compras para as minhas netas também. Percebi que os valores estão bons, bem melhor do que no ano passado”, observa.

Estratégias

Gerente de uma loja do Centro de Ipatinga, Denise Moreira informa que, para atrair mais clientes, são adotadas algumas estratégias de venda, com o intuito de aproveitar essa época do ano. “Nosso preço não foi alterado. A gente manteve o preço de 2017, algumas mercadorias estão dentro da margem de 5% a 8%, por causa do aumento de preço do produto que vem da papelaria, mas fora isso, mantivemos o valor. Outra estratégia nossa envolve a questão do parcelamento, aumentando o número de parcelas no cartão de crédito para facilitar a compra para os nossos clientes”, explica.

Contratação temporária

A gerente ainda acrescenta que, por causa da movimentação no comércio, algumas lojas optaram pela contratação temporária de funcionários para ajudar no atendimento. “Todo mês de dezembro fazemos contratação temporária. No fim do ano passado, nós até contratamos mais pessoas e todos já foram efetivados para emendar o período de Natal até a volta das aulas”, afirma.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário