10/01/2018 16:22:00

Exagero



Divulgação

Sempre ouço de colegas de imprensa e torcedores que o futebol europeu está muito à frente do sul-americano. Pois bem: vejo uma grande diferença nisso. Para mim, o que está anos-luz à nossa frente são os grandes clubes da Europa. Real Madri, Barcelona, Juventus, Bayern de Munique, Manchester United, Arsenal, Liverpool, PSG e mais umas três, no máximo quatro equipes do velho continente.

O restante dos times se equiparam aos dez maiores e melhores times do nosso continente. Acho muito exagero. Ou alguém vai me convencer que, por exemplo, Valência e Sevilha, que são a quarta força da Espanha, são maiores do que os dez principais times do Brasil? Não podemos generalizar. Se fosse assim, em 20 copas realizadas até hoje, a diferença não seria de apenas dois títulos a mais para as potencias econômicas da Europa.

////

ELE NÃO PÁRA!
Depois do sucesso do primeiro campeonato super sênior, acima dos 55 anos, o desportista Adirce Gonçalves já está trabalhando na organização da próxima edição, já agora no primeiro semestre. Dia 17, no Fernanda's Bar, no bairro Veneza II, acontecerá a primeira reunião para definir detalhes da competição.

A tendência é que teremos pelo menos oitos participantes. Um dia antes, no mesmo local, será realizada uma reunião para tratar de assuntos relacionados a Copa Integração de futebol amador. De fato, o Adirce não para!

////

FLORIDA
O Atlético estreia hoje da Flórida Cup, nos EUA. Competição esta que vem perdendo credibilidade, devido o desinteresse dos brasileiros. Fluminense e Corinthians também estão representando o futebol brasileiro. O detalhe é que todos estão com times reservas na América do Norte.

No caso do Atlético, a competição serve para que o clube possa, quem sabe, encontrar negócios para alguns jogadores. Mas eu acho difícil alguém se interessar por Erazo, Leleu etc.

////

RASCUNHO DE TIME
No primeiro treino com tático da pré-temporada, o treinador do Cruzeiro mostrou um esboço do que pretende usar na temporada. Ou seja: ele não abre mão do seu meio campo com Henrique, Ariel Cabral e Robinho.

O trio ofensivo será formado, por Thiago Neves, Arrascaeta e Fred. Então, nação azul, muita calma nessa hora. Nada de Bruno Silva no meio campo. Mano mantém sempre coerência. Ariel Cabral é seu homem de confiança no time, e ponto final.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário