15/12/2017 16:30:00

As tendências que estarão nas praias, serras, piscinas, clubes e ruas em 2018

Wagner Penna e as novidades do mundo fashion da moda: Pantone define a cor para 2018



Divulgação


O biquini básico do verão 18 em modelo Arys
ULTRAVIOLETA
E a Pantone, maior empresa referência para determinar as tonalidades usadas em tecidos, gráficas e afins, anunciou na última semana que a cor de 2018 será o ultravioleta. Traduzindo: é um roxo azulado, próximo à cor hortênsia e que leva à meditação e iluminação.

Em comunicado oficial, a diretora da empresa, Leatrice Eiseman, assinalou que este tom de violeta carrega a energia que precisamos para encarar o ano que se aproxima.

A ideia, disse a expert no assunto, é que esta cor nos deixe mais cientes das nossas capacidades criativas e sensitivas, desde explorar novas tecnologias e as galáxias universo afora, até encontrar novas forças artísticas e espirituais dentro de nós.

BIQUINI CAVADÃO
O verão vem chegando e, com ele, as tendências que estarão nas praias, montanhas, piscinas, clubes e ruas das cidades. No quesito moda-praia, o principal mote da temporada é a volta dos biquínis básicos, naquele estilo que se usava lá nos anos 1960 e 70.

E que parecem peças de lingerie bem mais discretas. Fora isso, são os maiôs ‘engana mamãe’ (com a cintura de fora), tanto em estampas quanto em cores únicas.

Para ficar mais moderno, parte alta e parte baixa do biquíni em cores e/ou estampas diferentes fica bacanérrimo. Quanto às cores, os tons em torno do amarelo (inclusive os terrosos) valem como referência para este verão.

NOVA MODA
O universo da moda deve se renovar sempre, para continuar oferecendo algo interessante ao mercado. Neste quesito, Minas Gerais é um celeiro de novos valores, incluindo Ronaldo Fraga, Victor Dzenk, Martielo Toledo, Eduardo Suppes e marcas bacanas, como a Coven e a GIG Couture, com o seu tricô lindíssimo.

Na novíssima geração surgem nomes como a Doiselles, Folle e outros. Agora uma nova onda está chegando, com os millennials (entre 18 e 30 anos) trazendo nomes interessantes, entre eles as bijuterias de Carlos Penna, os sapatos da Nuu Shoes, as roupas da Jardin e muitos outros. Para a roupa jovem, essa é a trilha dos presentes natalinos.

////

VAIVÉM
* Dezembro chegou com comemorações no circuito da moda. Oficialmente, o dia 3 é dedicado aos tecelões, e o assunto foi devidamente comemorado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT). Merecido. ***

* A estilista Luciana Botelho lançou uma linha de lingerie chamada Hello Gorgeous! (algo assim como ‘Oi, Linda!), durante coquetel em Beagá. São peças feitas para serem usadas tanto na intimidade da casa quanto nas ruas. É a chamada ‘lingerie urbana’.

Aliás, 2017 foi tudo de bom para Luciana: foi finalista do Festival Curtas Fashion e ainda participou do estande da Ready to Go (novos talentos) na feira Minas Trend. Ela merece. ***

PONTO FINAL - A gente fala muito aqui das grifes de moda e seus sucessos e dificuldades. O chamado varejo de moda é responsável pelas oscilações da moda, já que a parte da cadeia têxtil que entrega o produto para a cliente continua firme, e acrescentou o e-commerce entre as suas opções.

Um levantamento sobre o assunto mostrou que, em Minas Gerais, o varejo fashion continua indo bem. Nos últimos meses, o número de lojas fechando estabilizou e até foram abertos novos espaços. Amém!


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário