11/12/2017 15:29:00

Agindo na recuperação de nascentes



Divulgação/ACS Cenibra

Dentre os diversos projetos ambientais realizados pela Cenibra destaca-se o Programa de Recuperação Ambiental, que tem uma contribuição direta para a manutenção da quantidade e qualidade da água produzida dentro das áreas da empresa.

Por meio de um Termo de Cooperação Mútua firmado entre a Cenibra e o Instituto Estadual de Florestas (IEF), 116 nascentes situadas na região da bacia hidrográfica do rio Suaçuí Pequeno, no município de Peçanha, serão cercadas.

O objetivo desta parceria é aumentar a disponibilidade hídrica e melhorar a qualidade da água produzida nessa bacia, que é uma das principais fontes de abastecimento de água para a sede do município. O projeto também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Peçanha e da Emater.

“A formalização desse Termo de Cooperação é resultado de esforços da Cenibra no sentido de agregar vários atores em prol da recuperação das nossas bacias hidrográficas”, contextualiza o analista ambiental Sebastião Tomás Carvalho.

As ações de recuperação ambiental estão sendo expandidas de forma a contemplar propriedades inseridas no Programa de Fomento Florestal e vizinhos das terras da empresa.

Divulgação/ACS Cenibra

Outra ação desenvolvida para esse público foi a confecção de uma cartilha de conscientização que apresenta práticas preventivas ou corretivas simples de conservação do solo e da água nas propriedades rurais. A ideia é mostrar a importância da máxima manutenção possível da água.

A maioria das propriedades rurais existentes na região Leste de Minas Gerais são consideradas pequenas, e muitas possuem importante papel no abastecimento de água de comunidades rurais localizadas nas mesmas bacias hidrográficas.

Em muitos casos, a utilização e a conservação da água nessas propriedades rurais são ineficientes, potencializando ainda mais o déficit hídrico atual.

“Com a cartilha, esperamos promover um maior engajamento dos produtores sobre o tema, mostrando a eles a importância do manejo adequado em sua propriedade na vida de outras pessoas além da dele”, destaca o coordenador de Fomento Florestal, Gilberth de Paula Ferrari.

Divulgação/ACS Cenibra

DICAS PARA O DIA A DIA:
É preciso:
Promover o uso consciente da água. Reutilizar sempre que possível
Lembre-se do valor deste recurso para a humanidade
Preservação de nascentes, córregos, rios e lagos
Políticas públicas para recuperação ambiental
Promoção da Educação Ambiental

FIQUE ATENTO:
- Varrer a calçada, ao invés de lavá-la com o uso de mangueira, pode resultar numa economia de até 250 litros de água.

- Deixar o chuveiro desligado enquanto o corpo é ensaboado pode resultar numa economia de até 100 litros de água (por banho).

- Uma torneira que fica gotejando pode gerar um desperdício de até 1.300 litros de água por mês.

- Deixar a torneira fechada enquanto ensaboamos a louça pode gerar uma economia de até 95 litros de água.

- Usar balde para lavar o carro, ao invés do esguicho da mangueira, pode resultar numa economia de até 180 litros de água por lavagem.

- Uma máquina de lavar roupas pode gastar até 160 litros de água numa lavagem. Armazenar esta água (em recipiente fechado), para lavar o quintal posteriormente, pode gerar uma boa economia.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário