30/03/2017 10:26:00

Uso de SMS na Educação e seus benefícios para a comunicação

Rafael Barin



Divulgação

Quando se fala em instituição de ensino, uma premissa básica para atrair, reter e fidelizar clientes é ter um ótimo relacionamento com alunos, pais de alunos e funcionários, criando um ambiente propício à troca de conhecimento e experiências. O foco desta questão é descobrir a estratégia de comunicação mais adequada para o contato com esses públicos. 

Segundo a pesquisa Mobile Report da Nielsen IBOPE, dos 68,4 milhões de usuários mobile no Brasil, 64% encontram-se na faixa etária de 10 a 34 anos, isto é, faixa etária que concentra o maior número de estudantes (ensino fundamental, médio ou superior). Esse dado demonstra a penetração que os celulares têm na vida dos brasileiros. 

Uma oportunidade? Sem dúvida que sim. Uma boa forma de abordagem é via mensagem de texto (SMS), pois esse meio apresenta diversas vantagens em relação a outros. Dentre os motivos para essa afirmação está o contato mais direto e menos invasivo, que permite que a mensagem seja acessada pelo aluno/familiar/professor no momento mais oportuno do seu dia.

Ainda mais por não enfrentar atrasos dos correios ou queda do sinal da internet, o SMS apresenta alta taxa de entrega e abertura. De acordo com a Venture Beat, o SMS tem taxa de abertura de aproximadamente 98%, impressionante e extremamente positivo para quem o adota como ferramenta. 

Assim, o SMS pode servir para inúmeros propósitos! A ferramenta contribui para a estratégia de comunicação em vários momentos da régua de relacionamento com alunos e outros públicos. Dentre os usos possíveis, destaco a captação de novos alunos, fortalecimento da relação com estudantes, comunicação rápida entre a instituição de ensino e o corpo docente e entre os próprios professores. Assim, gerando uma comunicação eficaz e que aumente a fidelização com a instituição de ensino.

Dentre os assuntos que podem ser abordados nas mensagens, estão: 
• Informações sobre matrículas
• Datas de vestibulares
• Lançamento de novos cursos e turmas 
• Códigos de barra para pagamento de mensalidades e matrículas 
• Informações acadêmicas (lançamento de notas; conteúdo extraclasse)

Financeiramente, o uso do SMS permite uma comunicação assertiva sem a necessidade de alto investimento, pois permite segmentar o público, além de personalizar a mensagem com eficácia. E leva a instituição a um outro patamar de interação com seus públicos prioritários. 

Obviamente, de acordo com a realidade de cada instituição de ensino a abordagem pode e deve ser adequada. Mas, independentemente disso, as vantagens do SMS na educação são claras e fazem diferença na hora de estreitar o relacionamento com os clientes.

* Rafael Barin é gerente comercial da Zenvia, companhia brasileira que viabiliza a comunicação entre empresas e consumidores por meio de seus dispositivos móveis.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário