11/06/2016 18:00:00

Parque Linear tem 48% de suas obras concluídas, segundo prefeitura

Prefeita Rosângela Mendes destaca importância da obra




Ao longo dos últimos anos, a população de Coronel Fabriciano tem feito inúmeros questionamentos sobre um dos principais programas executados no município: o Parque Linear. O projeto, que segundo a administração municipal já tem 48% de seus serviços executados, visa aumentar a vazão do ribeirão Caladão e assim minimizar as ocorrências de inundação. Outro ganho é a abertura de espaço de uso comum pela população, para atividades recreativas.



O cronograma de obras inclui a revitalização do ribeirão, sem alterar o seu curso, que soma cerca de nove quilômetros de extensão na área urbana.

Com a segunda etapa da obra em fase de conclusão, as intervenções mostraram resultados, avaliou a prefeita Rosângela Mendes (PT), em entrevista à TV Cultura e ao Diário do Aço. Rosângela lembra que, durante a chuva ocorrida entre dezembro de 2015 e janeiro deste ano, foi possível perceber que a vazão do ribeirão Caladão aumentou sem registrar áreas de alagamento.



O projeto ainda prevê intervenções complementares em trechos das margens do ribeirão, como ajardinamento, pistas de caminhada, ciclovia, quadras e outras melhorias. As obras do Parque Linear continuam avançando com drenagens, contenção de erosão, micro e macrodrenagens e limpeza do ribeirão. “Ao reduzir alagamentos, também elimina gastos com serviços de limpeza das ruas, bocas de lobos e redes, após as chuvas mais fortes", enfatiza a prefeita. 



Nas avenidas Julita Pires Bretas e Sanitária, que cortam os bairros Professores, Santa Helena e Bom Jesus, as obras da segunda fase do Parque Linear estão no acabamento. Ao longo desse trecho, é possível perceber a contenção com diferentes materiais: rip-rap (muro com sacos preenchidos de cimento ou terra), gabião (muro de tela de arame preenchido com pedras) e placas de concreto. A escolha desses procedimentos foi determinada no projeto, conforme a realidade do local, levando em consideração a qualidade do solo, canalizações de drenagens, rede de esgoto e custo.



Etapas



Para a execução das obras de cada uma das etapas do Parque Linear a Prefeitura de Fabriciano precisa de aprovação e liberação da Caixa Econômica Federal. Somente após a realização de todo um processo é liberado o pagamento das obras para as empreiteiras. “A gestão do dinheiro empregado nas obras do Parque Linear pode ser acompanhada por meio do site da Caixa Econômica Federal; sempre prezamos por transparência", afirma a prefeita.



Acompanhar os passos é simples: acesse: www.caixa.gov.br/poder-publico; navegue até “serviços on-line e sistemas” no canto direito e clique em “Acompanhamento de recursos para obras”; selecione a operação “Contratos” no canto direito e Digite no campo solicitado o número do convênio: 293530-89.

Outras informações sobre o programa podem ser obtidas em: fabriciano.mg.gov.br ou na ouvidoria 0800-283-7794.  ##[112393]##



Município completa 10 anos de educação em tempo integral



Coronel Fabriciano conta com educação em tempo integral há 10 anos. Ao longo desse período, a administração municipal tem investido na capacitação de professores e na construção de novas edificações. Atualmente, o foco da Prefeitura, segundo a prefeita Rosângela Mendes é a educação infantil.



“Atendemos de 0 a 3 anos e estamos inaugurando o nosso oitavo Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei). Ou seja, estamos com cerca de 4.500 alunos na faixa etária de 0 a 3 anos e de 3 a 5 anos. Isso é um avanço, porque além da qualidade, estamos dando oportunidade aos pais de trabalhar fora, das mulheres contribuírem na renda familiar”, destacou a chefe do Executivo.



Com as crianças e adolescentes na escola, Fabriciano começa a colher frutos também na área de segurança. A educação tem feito a diferença. Segundo relata a prefeita, existe um número relevante de jovens de 10, 11 e 12 anos, que estão na escola em tempo integral, cujo horário é de 7h30 às 17h. Com um currículo diversificado, onde é possível escolher disciplinas, como arte, música, artesanato, esporte, além do conteúdo normal.



Assistência Social no foco das políticas públicas 



A prefeita de Coronel Fabriciano relata também que o município tem priorizado a atuação da Assistência Social. Por meio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado (Creas), além de programas como o ProJovem Urbano e ProJovem Rural, e do Viva Idade, a prefeita acredita que o município tem colaborado com a melhoria da qualidade de vida das pessoas.



“Nossas crianças e jovens tem uma assistência imensa, principalmente porque também trabalham assistência, saúde e educação, conjuntamente. Isso traz um resultado muito positivo”, avalia Rosângela Mendes.



Ainda conforme a prefeita, os Conselhos da Assistência Social auxiliam na execução das políticas. “Temos hoje o Conselho da Mulher e o Centro Pop, onde acolhemos os moradores de rua. São políticas que trazem um bem estar muito grande a quem mais precisa. Acredito que isso é que faz a diferença na administração, priorizar aqueles que mais precisam. E a assistência em Coronel Fabriciano tem feito a diferença na vida de nossos munícipes”, observa Rosângela Mendes.

 




Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário