17/01/2013 00:00:00

Vereador critica atraso e qualidade de obra

Adriano Martins aponta problemas no andamento do projeto do Parque Linear



FABRICIANO - O vereador Adriano Martins (DEM), criticou os atrasos nas obras do Parque Linear em Coronel Fabriciano. Segundo ele, além dos atrasos, a qualidade dos serviços deixa a desejar. “Ninguém entendeu até hoje porque, assim que se encerrou o período eleitoral, as obras foram paralisadas e ainda não foram retomadas pela atual prefeita”, questiona o vereador.


Adriano disse que as recentes chuvas, mesmo em pequena quantidade, já deixaram à mostra a péssima qualidade do material que está sendo utilizado na execução das obras, principalmente nos trechos da avenida Julita Pires Bretas e avenida Sanitária.  

 


“Estas obras deixam dúvidas quanto à qualidade e isso preocupa, pois o investimento é alto, cerca de R$ 33 milhões, segundo orçamento aprovado para a execução, dos quais já foram consumidos R$ 4 milhões, de acordo com a prefeitura”, informa o vereador.

 


Adriano prometeu uma “fiscalização redobrada” em torno desta obra e questiona, sobretudo, a utilização de técnicas ultrapassadas para a construção de rip-rap com sacos de escória para contenção nas laterais do córrego. Segundo ele, obras semelhantes como as das avenidas Gerasa e Maanaim, em Ipatinga, utilizaram métodos mais robustos como a contenção através de telas com pedras ou concreto batido.

 


“Vamos fiscalizar não só o cumprimento do cronograma de execução, como também a qualidade dos serviços, pois as mudanças climáticas têm nos mostrado que não podemos conviver com obras que se desmancham ao menor sinal de chuva”, alerta o vereador Adriano Martins.


PMCF

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio de assessoria de Comunicação, foi procurada desde terça-feira para se manifestar sobre as críticas do vereador, mas não houve retorno até o fechamento desta edição.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário