05/08/2016 14:55:00

Fui demitido e agora?

Marilene Vitorino



A demissão lhe pegou e você já sabe o que fazer? Pegou-lhe desprevenido ou você já esperava por ela.

A decisão da demissão não ocorre de um momento para o outro. O empregador observa e analisa o empregado constantemente, ou seja, o empregado através de seu comportamento diário provoca sua promoção ou demissão.

Você como empregado provoca sua promoção ou demissão através de seu comportamento, através da forma como reage a algumas situações no ambiente de trabalho. Me responda: Como era sua reação quando estava faltando minutos para encerrar seu expediente o telefone tocava ou chegava um cliente? O que passava pela sua cabeça naquele momento favoreceu a decisão tomada pelo empregador. Naquele momento você focava no cliente, na empresa ou em você?

Nem sempre o problema é problema, muitas vezes o problema é a solução. Voltando ao questionamento acima, o cliente significa ganhos para todos, nenhuma lâmpada é acesa em uma empresa se não for a favor do cliente. O desejo de que ele não estivesse ali atrasando você encerrar o seu expediente poderá realizar e o empregador precisar lhe demitir. Se não tiver movimento de clientes a empresa não precisará de seus serviços. A solução virou problema para vocês. Cuidado com o que deseja, pois seu desejo se realizará.

Procurei recentemente uma pessoa que atuava como supervisor de vendas e ela me disse que não estava trabalhando mais na empresa onde o conheci e que estava trabalhando atualmente na área de alimentação, no aconchego de seu lar, fazendo seu horário, tendo mais qualidade de vida e estava bem melhor financeiramente. Ele não hesitou em me oferecer seu produto e começou a fazer propaganda do mesmo com muito entusiasmo. Isso é show!

Várias pessoas têm me procurado buscando solução para sua demissão. Qual é a solução? A solução está na ATITUDE, no que você, demitido, vai fazer dali em diante, RECUAR e esperar o seguro desemprego bem “tranquilhinho”, sem preocupação com trabalho ou AVANÇAR e buscar o melhor para você.

O mercado tem muita opção e espaço para todos, só que alguns têm mais retorno do que outros. O retorno é resultado do que faz-se diariamente, é colheita.

Essas pessoas com excelentes resultados têm mais sorte? Tem mais competência e talento? NÃO. Não caia nesse comodismo de pensar assim, O ser humano tem uma capacidade extraordinária, coloque-a em prática e busque o sucesso. Pense de uma outra forma: O que eles estão fazendo de diferente de mim? O que eu posso melhorar? DIFERENCIE-SE.

A demissão pode ser uma oportunidade que você recebeu para crescer pessoalmente e profissionalmente. Aproveite-a e AVANÇE. Você pode e é capaz. Contudo diga: Fui demitido e agora vou mostrar para o mercado através de ATIUDES positivas, o profissional excelente que sou. Arrase!

Marilene Vitorino: Palestrante e Instrutora na área de Atendimento, Liderança, Motivação e Vendas. Contato: contato@marilenevitorino.com.br



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário