07/12/2017 17:22:00

Braúnas comemora 64 anos com shows e cultura

Como novidade nesse fim de ano, haverá no primeiro dia de festa a inauguração simbólica da iluminação natalina



Divulgação


O município de Braúnas completa 64 anos de emancipação
A partir dessa sexta-feira (8), Braúnas estará em festa para comemorar 64 anos de emancipação política. Na tradicional área de festa do município, haverá um momento cívico, com execução do Hino Nacional, apresentações dos alunos das escolas públicas e corte do bolo de aniversário, com seis metros, que será distribuído ao público presente, seguido de show pirotécnico com queima de fogos de artifício.

Nos 64 anos de Braúnas, o prefeito Jovani Duarte avaliou o primeiro ano dessa nova gestão. Segundo ele, os benefícios levados à população se tornaram possíveis graças à ampliação dos serviços públicos e ao equilíbrio nas contas públicas. "As pessoas estão tendo motivos para falar bem de Braúnas e isso não tem preço. Esse é o maior legado que quero deixar, que esse seja o sentimento daqueles que amam essa cidade e que gostam dela”, disse o prefeito.

O prefeito aproveitou para anunciar também que, apesar da crise financeira enfrentada pelos municípios brasileiros, os pagamentos aos fornecedores e servidores estão em dia. O pagamento do 13º salário dos servidores foi confirmado para esta sexta-feira e que, nesse mesmo dia, será entregue cesta básica natalina para cada servidor, como forma de reconhecimento pelos serviços prestados à população.

Como novidade nesse fim de ano, haverá no primeiro dia de festa a inauguração simbólica da iluminação natalina, com a decoração da praça Padre José Augusto de Oliveira, principal praça da cidade e da rua Professora Mariana Andrade, na entrada da cidade, em frente a área de eventos. Conforme Raquel Teixeira, chefe de gabinete do prefeito, “a iluminação natalina é uma grande novidade nesse ano, deixando nossa cidade mais bonita e iluminada, sendo recebida com satisfação pelos comerciantes e pela população em geral, criando um ambiente propício às festas de fim de ano”, destacou.

Outra novidade anunciada por Raquel Teixeira é a realização da Cantata de Natal na praça Padre Augusto de Oliveira, que será realizada na semana que antecede o evento. O coral é formado por crianças e jovens da rede pública de ensino do município.

História

A história de Braúnas remota os idos de 1.825, quando o governo concedeu doze sesmarias de terras situadas entre as margens dos rios Santo Antônio e Guanhães aos irmãos da família Figueiredo Neves, para cultivo e povoamento. Com o decorrer dos anos, essas terras foram repassadas à posse do alferes Fortunato do Carmo e seus descendentes. São considerados fundadores do município o alferes Bento Pinto de Aguiar e Joaquim Francisco Vieira. A unidade foi desmembrada de Guanhães em 1953.

Seu nome vem das árvores de braúna, existentes às margens do rio Braúnas, que serviu de marco e ponto de referência para os primeiros desbravadores da região. Braúnas pertence ao Colar Metropolitano do Vale do Aço e sua população estimada em 2017 é de 5.003 habitantes, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O atual município de Braúnas foi criado inicialmente como distrito pertencente a São Miguel de Guanhães, pela lei provincial nº 2.805, de 3 de outubro de 1881. Sua primeira denominação recebida foi Baraúnas, mais tarde alterada para Nossa Senhora do Amparo de Guanhães. Pela lei estadual nº 843, de 7 de setembro de 1923, recebeu o nome de Braúnas de Guanhães, ao mesmo tempo que São Miguel de Guanhães passou a denominar-se simplesmente Guanhães. A emancipação do distrito ocorreu pela lei estadual nº 1.039, de 12 de dezembro de 1953, recebendo o novo município sua denominação atual e instalando-se a 1º de janeiro de 1954.

As principais atrações turísticas são os rodeios e cavalgadas, promovidas ao longo do ano. Sua principal fonte de renda vem da agropecuária. A produção de leite tem destaque especial nesse contexto.

Confira a programação dos shows:

Sexta-feira
22 h – Ramon Tavares
0 h - Bráulio & Ricardo
2 h – DJ Vandinho

Sábado
22 h – Gustavo Arthur
0 h – Paulo Henrique
2 h – Matiele Fabretti
Intervalos – FOXVICTOR

Domingo
14 h – Luizinho da Viola
16 h – Mauricio Santiago
20 h – Show Gospel com Jozinei & Jozimar
21 h – Cantora Católica - Katya Serp


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário