06/12/2017 17:41:00

Prazo para recadastramento obrigatório de produtores rurais em todo o estado termina em 29/12

Procedimento é obrigatório. IMA informa que quem não se recadastrar estará impedido de transitar com seus animais dentro e fora do território mineiro



Divulgação


A medida tem o objetivo de regularizar os dados dos criadores junto ao IMA
Termina em 29 de dezembro o prazo para os criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos se recadastrarem junto ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Estes criadores deverão comparecer a uma unidade do IMA e apresentar original e cópia dos documentos pessoais e de comprovante de endereço.

O IMA alerta que, o criador que não o fizer estará impedido de transitar com seus animais dentro e fora do estado o que o impedirá, inclusive, de vender animais do seu plantel ou participar de eventos agropecuários.

A medida tem o objetivo de regularizar os dados dos criadores junto ao IMA, tendo em vista que muitos produtores deixaram a atividade ou venderam seu rebanho e não comunicaram ao Instituto. Da mesma forma, muitos já faleceram e os familiares não comunicaram esse fato ao IMA. As duas situações contribuem para que o banco de dados do órgão não esteja fiel à realidade.

Portal do Produtor

Além de regularizar sua situação perante o IMA o criador receberá, no recadastramento, uma senha para acesso gratuito ao Portal de Serviços do Produtor Rural, disponível no site do IMA. Por meio do portal, na internet , o produtor tem acesso a vários serviços do Instituto como a emissão de guias e documentos oficiais, sem precisar ir pessoalmente a uma unidade do instituto.

(Com informações: Agência Minas)


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário