03/12/2017 21:00:00

O VÍCIO DE AGRADAR TODO MUNDO!




O VÍCIO DE AGRADAR TODO MUNDO | #TÊTE-A-TÊTE DA | com SARAH ALMEI
Desde pequeno somos ensinados a dividir, compartilhamos nosso lanche na escola, nossos brinquedos, o controle da TV ou até mesmo nossas roupas e calçados. E nesse caminho, somos sempre instruídos para sermos gentis e educados.

Talvez você esteja se perguntando: mas isso é um problema? Será que fomos educados de forma errada? Será que o certo era sermos adultos individualistas e egocêntricos? Claro que não, não há nada demais em sermos gentis com o próximo e em gostarmos de agradar, pois isso nos faz construir relações saudáveis e duradouras. Porém, pode também se transformar em um problema quando não conseguimos enxergar o limite entre nossas vontades e a vontade do outro.

Há pessoas que são sempre disponíveis e abertas para tudo, isso é ótimo, mas muitas vezes não estão fazendo algo que gostariam. Sacrificam-se por dentro para agradar a alguém que nem sempre faria o mesmo por ele.
Quantos de nós já ouvimos alguma dessas histórias onde o personagem principal não tem vez? Seria como alguém que usa determinado tipo de roupa só porque o amigo, pai, mãe ou namorado gosta, ou aqueles que se sentem na obrigação de seguir a mesma profissão do pai ou da mãe, só por se sentirem pressionados a agradá-los.

Conheci pessoas que levaram essas situações a níveis mais sérios, tais como casar num momento da vida que não queriam, e pior ainda, com alguém que não queriam. E isso quase sempre traz consequências negativas. Desde a escolha das roupas, lugares, o sabor do sorvete ou até mesmo a profissão, não podemos negligenciar nossas vontades e sentimentos.

Saber dizer não também é um ato de amor com a gente mesmo. Porque mais cedo ou mais tarde seremos cobrados por nossas escolhas, e nada mais justo do que sermos os autores do nosso próprio roteiro. E quem veio falar com a gente sobre o risco que corremos quando colocamos a vontade do outro à frente da nossa foi a coach Sarah Almeida, em uma conversa bem descontraída e esclarecedora. Confira!

Micaela Sousa


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário