13/11/2017 16:58:00

Comércio em Ipatinga prepara contratação temporária

Essa medida ajuda tanto os lojistas quanto aqueles que buscam uma oportunidade de trabalho



Wôlmer Ezequiel


Lojas e empresas buscam empregados temporários para ajudarem nas vendas de fim de ano
Como ocorre em todo fim de ano, o aumento na movimentação no comércio leva o setor lojista a recorrer às contratações temporárias de mão de obra para atender melhor aos seus clientes. Essa medida ajuda tanto os lojistas quanto aqueles que buscam uma oportunidade de trabalho.

Em Ipatinga, alguns estabelecimentos comerciais já recebem currículos para o emprego temporário neste fim deste ano. Segundo o gerente de uma loja no centro, Laélio Afonso, o processo seletivo começou recentemente. “A contratação começa a partir do dia 20 de novembro, mas já estamos analisando alguns currículos entregues na loja. Essa é uma época muito boa para o nosso mercado, em que aumenta a busca por presentes e material escolar”, afirma.

Laélio Afonso acrescentou que, sempre nesse período do ano, a loja precisa de mais trabalhadores para ajudar nos serviços. “Em média, todo fim de ano a gente contrata umas seis pessoas para colaborar com a gente. É quando o comércio está mais aquecido. E, geralmente, algumas dessas pessoas acabam ficando por mais um tempo, devido às demandas que vão surgindo após dezembro, como férias em janeiro e fevereiro”, informa.

O gerente informou que existe, também, a possibilidade da contratação temporária se tornar em uma efetivação. “No decorrer do ano, às vezes, por algum motivo, alguns funcionários se desligam da empresa, o que faz surgir oportunidades para aqueles contratados de forma temporária. Mas mesmo assim dependemos muito de como estará o mercado em 2018. Espero que essa crise acabe logo e o comércio volte a crescer”, salienta.
Reprodução/TV Cultura


Láelio Afonso confirmou contratação temporária para atender a demanda no fim do ano

A vendedora Flaviane Moura, que trabalha em uma loja de roupas no centro de Ipatinga, garante que já viu muitos trabalhadores temporários se tornarem funcionários fixos da empresa. “Aqui na loja já teve muitas pessoas que foram contratadas temporariamente, para a época de Natal, e como atenderam às exigências da empresa, estão com a gente até hoje”, revela.

O presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, afirma que a maioria dos lojistas está otimista com o comércio neste fim de ano. “Com o Natal chegando, em que o fluxo de vendas é maior e que tem o 13º salário, entrando mais dinheiro no mercado e contribuindo para contratação temporária. E podemos dizer que esses contratados, muitas vezes, passam a ser fixos, porque quando chega janeiro, o empresário tem que dar férias para os empregados, então aquele funcionário que entra temporariamente e que mostra dedicação, certamente pode ser efetivado”, explica.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário